Apple M2 Pro com 3 nm pode chegar a Mac Mini e iPad

Apple M2 Pro com 3 nm pode chegar a Mac Mini e iPad

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 08 de Junho de 2022 às 10h46
Apple

O anúncio do chip M2 foi um dos grandes destaques da WWDC 22 e abriu as portas para a chegada da nova geração de processadores Apple Silicon. Novas informações agora revelam detalhes de fabricação do M2 Pro, versão ainda mais eficiente e de potência superior ao M2 que deve equipar Macs e até mesmo modelos do iPad.

De acordo com uma pesquisa feita pelo analista Jeff Pu da Haitong Intl Tech Research e vista pelo 9to5Mac, a TSMC continuará fabricando os processadores da Apple e a produção em massa do chip esperado como “M2 Pro” acontece até o fim de 2022.

Chip M2 introduz a segunda geração do Apple Silicon com maior densidade de transistores, potência superior e menor consumo energético (Imagem: Reprodução/Apple)

O novo chip será fabricado em processo de litografia de 3 nanômetros (nm), representando um grande avanço em relação ao processador M2 que manteve a litografia de 5 nm utilizada no M1 — só que em versão atualizada para maior eficiência e potência superiores ao chip de 2020.

Com o processo de 3 nanômetros, o chip M2 Pro deve apresentar grandes melhorias de desempenho, menor consumo energético e velocidades muito superiores ao M1 Pro.

M2 Pro deve equipar Mac Mini e iPad

Outra novidade relacionada ao M2 Pro ficaria para os produtos equipados. Enquanto o M1 Pro foi utilizado pela Apple apenas no MacBook Pro, o M2 Pro deve ser levado ao Mac Mini e até mesmo ao iPad.

O novo Mac Mini é esperado para 2023 com design renovado e corpo ainda mais compacto que a geração atual equipada com M1. O modelo traria ainda uma ampla variedade de conexões para quem busca um desktop minimalista sem abrir mão da potência.

iPad Pro deve adotar chip M2 Pro para se distanciar do iPad Air, que deve ser equipado com chip M2 (Imagem: Reprodução/Apple)

Em relação aos tablets, podemos imaginar que o iPad Pro fique com o processador M2 Pro, enquanto o iPad Air seria equipado com chip M2.

O objetivo da Apple seria distanciar ambos os modelos, visto que os atuais compartilham do mesmo chip M1 e possuem experiências semelhantes a preços muito diferentes — atraindo mais usuários ao iPad Air pelo preço inferior.

Óculos VR/AR da Apple chegam no começo de 2023

Óculos de realidade virtual e aumentada da Apple devem ser anunciados no início de 2023 (Imagem: Reprodução/Ian Zelbo)

Outro destaque da pesquisa de Jeff Pu é relacionado ao headset de realidade virtual e aumentada da Apple. Segundo o analista, o acessório deve ser anunciado após o Ano Novo Chinês (que acontece em janeiro de 2023) e a produção em massa acontece em fevereiro do mesmo ano.

Vazamentos indicam que o dispositivo contará com várias câmeras e sensores de mapeamento 3D e será equipado por dois processadores de 3 nm, o que leva a crer que o M2 Pro ou uma versão adaptada do chip pode equipar o headset.

Finalmente, Pu ainda consolida rumores de que a Apple deve abandonar a Qualcomm e adotar um modem proprietário para o iPhone de 2023, oferecendo melhorias em rede Wi-Fi e 5G.

Fonte: 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.