Publicidade

7 motivos para comprar ou não o Galaxy A54

Por| Editado por Léo Müller | 26 de Novembro de 2023 às 11h00

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

Por que comprar o Samsung Galaxy A54? E por que não comprar? Como acontece com todos os produtos, o competente intermediário da Samsung possui pontos positivos e negativos que podem ajudar a definir pela sua escolha ou desistência. Canaltech aponta os principais a seguir.

4 motivos para comprar o Galaxy A54

Como eu já mencionei antes, o Galaxy A54 é um intermediário bastante competente. Mas há alguns pontos em que ele entrega experiência acima da média para sua faixa de preço. Ou seja, pontos em que ele é superior à maioria de seus principais concorrentes.

Continua após a publicidade

1. Câmeras excelentes

Para começar, o conjunto de câmeras do Galaxy A54 é quase tão bom quanto o de celulares topo de linha da atualidade. Especialmente no modo noturno, que é uma das funcionalidades mais buscadas em câmera hoje em dia.

O Canaltech demonstrou, em um comparativo, que o intermediário da Samsung consegue até mesmo superar o iPhone 14 nas fotos com pouca luz. Não em todos os cenários, claro, mas é possível notar menos granulação e detalhes mais finos em algumas fotos do A54 do que no celular da Maçã.

Continua após a publicidade

De resto, são câmeras mais do que competentes. A principal entrega uma qualidade fotográfica que é difícil ver em celulares intermediários. A ultrawide e a macro também fazem fotos com boas texturas e cores precisas. E a frontal é outro ponto forte, superior à maioria dos smartphones abaixo dos R$ 2.000.

2. Tela acima da média

É verdade que os intermediários mais avançados já começaram a trazer tela Super AMOLED, como é o caso do Galaxy A54. Mas o celular da Samsung ainda traz alguns recursos a mais que garantem uma ótima qualidade de imagem.

Continua após a publicidade

Entre as funcionalidades, está o suporte ao HDR10+, que melhora bastante o contraste em conteúdos suportados. Isso inclui, especialmente, vídeos em serviços de streaming. Além disso, o display possui taxa de atualização de 120 Hz e resolução Full HD, que garantem ótima fluidez e nitidez.

3. Até cinco anos de atualizações

E chegamos ao ponto que é a maior vantagem sobre os principais concorrentes. Assim como os topo de linha da Samsung, o Galaxy A54 tem promessa de receber quatro versões do Android. Ou seja, ele será atualizado até o Android 17. Além disso, receberá cinco anos de updates de segurança, segundo a Samsung.

E isso enquanto algumas empresas ainda apostam em duas ou três versões do Android até mesmo para seus topo de linha. O intermediário da Samsung tem garantia de updates, e nada de recursos novos apenas da interface, como algumas OEMs Android ainda fazem. É atualização do sistema operacional, mesmo.

Continua após a publicidade

4. Custo-benefício

É verdade que a própria Samsung tem o Galaxy S21 FE em uma faixa de preço bem próxima do Galaxy A54. Mas, considerando o conjunto geral do intermediário, o smartphone oferece uma experiência excelente pelo preço cobrado. Não é difícil encontrá-lo na faixa dos R$ 1.700, e se você procurar bem, consegue condições para pagar até menos que isso.

3 motivos para não comprar o Galaxy A54

Continua após a publicidade

Nem tudo são flores em um produto. A seguir, eu listo alguns motivos que podem pesar contra a compra de um Galaxy A54. Mas, que fique claro: essa é uma decisão que só depende de você. Não precisa concordar com nada que eu escrevi, são apenas alguns argumentos para fazer cada um pensar bem antes de gastar seu dinheiro em um smartphone.

1. Desempenho

O desempenho do Galaxy A54 não é ruim, pelo contrário. O intermediário é muito competente e consegue entregar a experiência que você espera de um celular da sua faixa de preço. Porém, há modelos na casa dos R$ 2.000 que são muito mais velozes.

Geralmente, são aparelhos que apostam apenas no desempenho bruto, enquanto outros aspectos são ligeiramente prejudicados. Porém, se você faz questão de um celular muito veloz, mais do que você precisa, talvez este modelo da Samsung não seja o ideal.

Continua após a publicidade

2. Bateria

A bateria foi um dos pontos que mais me decepcionaram no intermediário da Samsung. Ok, o aparelho consegue entregar um dia de uso normal, mas considerando que seu desempenho vai além das tarefas simples, poderia ser um pouco melhor. Afinal, alguns minutos jogando ou usando a câmera reduzem bastante a autonomia.

Outro ponto é a recarga, que fica limitada a 25 W. Há vários intermediários no mercado com carregadores muito mais velozes. Não está ruim e tem o fato de garantir uma vida útil maior ao componente, mas o Galaxy A54 poderia ter carga mais rápida.

Continua após a publicidade

3. Som

E por fim, o sistema de som. Apesar de ser estéreo, eu notei ao testar o aparelho que há um foco muito grande em sons médios. Os graves se perdem consideravelmente quanto mais próximo do volume máximo você chega. Os agudos também têm uma ligeira distorção.

Além disso, o modelo não possui conector P2 para fone de ouvido. Está limitado a dispositivos de áudio externos via Bluetooth ou com um conector USB-C. Neste segundo caso, você sacrifica uma possível recarga enquanto usa — apesar de não ser recomendado usar o celular enquanto recarrega.

Continua após a publicidade

Ou seja, se você preza por um sistema de som bom, acho melhor buscar um celular topo de linha. As fabricantes não têm o hábito de se preocupar muito com os alto-falantes nos intermediários.