Publicidade

Review Galaxy Tab S9 FE | Tablet competente para estudos

Por| Editado por Léo Müller | 13 de Novembro de 2023 às 15h45

Link copiado!

Review Galaxy Tab S9 FE | Tablet competente para estudos
Review Galaxy Tab S9 FE | Tablet competente para estudos
Galaxy Tab S9 FE

Galaxy Tab S9 FE é um tablet intermediário da Samsung, apesar de o nome dar a entender que está mais próximo dos topo de linha. Com destaque para a certificação IP68, o dispositivo é mais que competente para quem quer estudar. Veja a análise do aparelho para entender como ele se sai em todos os aspectos.

Design e tela

Continua após a publicidade

O tablet possui bordas finas em volta da tela de quase 11 polegadas, e por isso seu tamanho não é muito avantajado. São 254,3 x 165,8 x 6,5 mm de dimensões, com peso de 524 gramas. E isso em um dispositivo com quadro lateral e traseira em alumínio, além da parte frontal em vidro.

Em termos simples, o Galaxy Tab S9 FE é quase um celular grandão. Porém, a proporção da tela é de 16:10, um pouco mais quadrado que um smartphone. O botão de energia traz o leitor de impressão digital embutido. Ele fica localizado bem na parte de cima, na lateral direita, acima dos botões de volume.

Continua após a publicidade

A tela deixa um pouco a desejar, a meu ver. O painel IPS LCD é bom, mas a Samsung poderia ter utilizado um display AMOLED, que tem brilho mais intenso e contraste mais marcante. Ao menos o painel possui taxa de atualização de 90 Hz, além de resolução Full HD.

Desempenho

O hardware não é o ponto mais forte do Galaxy Tab S9 FE. O tablet tem o mesmo processador do Galaxy A54, o Exynos 1380. É uma plataforma bastante competente, com desempenho intermediário. Não senti engasgos durante os testes, nem mesmo no jogo Asphalt 9.

Continua após a publicidade

Este dispositivo tem 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno. Ou seja, é um tablet muito bom para estudar e tem uma folga para jogar algo mais casual nos horários de descanso.

Câmera

A câmera do tablet foi pensada para registros ocasionais e digitalização de documentos. A qualidade das fotos não é incrível, mas dá para o gasto, especialmente pensando neste uso mais básico. A frontal é aceitável, e serve mais para chamadas de vídeo do que para tirar selfies para redes sociais.

Continua após a publicidade

Bateria

O tablet da Samsung consumiu 30% da carga de sua bateria em seis horas de uso intenso. Não é uma marca excelente, mas também não é ruim. Até porque o uso normal seria um pouco menos exigente.

Continua após a publicidade

O problema é a recarga. A empresa manda um carregador de 15 W na caixa do produto, apesar de ele suportar até 45 W. Com um carregador mais veloz, a bateria fica pronta em cerca de 2 horas, mas com o acessório padrão que vem na caixa, vai demorar bastante para preencher os 8.000 mAh da bateria.

Recursos e conectividade

A One UI 5.1 instalada por cima do Android 13 do Galaxy Tab S9 FE foi redesenhada para telas grandes. Ao usar na horizontal, o tablet fica com uma aparência próxima à de um desktop. Além disso, o modelo é compatível com modo DeX, caso você conecte um teclado Book Cover (vendido separadamente).

Continua após a publicidade

Como eu já mencionei, ele vem com a S Pen na caixa, que permite desenhar e até mesmo navegar por menus e apps sem sujar a tela com o seu dedo. O tablet não possui NFC, tem Wi-Fi dual-band, Bluetooth 5.3 e sistema de som estéreo. E ainda tem uma versão 5G, mais cara que o modelo que conta apenas com Wi-Fi.

Dessa forma, é possível usá-lo como um caderno de anotações, usando a caneta, durante as aulas. Em casa, o modo DeX permite o uso como se fosse um computador, assim você consegue tirar o máximo proveito das anotações enquanto estuda o assunto da aula de maneira mais profunda.

Concorrentes diretos

Continua após a publicidade

O principal concorrente do Galaxy Tab S9 FE é, curiosamente, o seu antecessor. Enquanto o Galaxy Tab S7 FE custar cerca de R$ 2.500, é uma opção até mais interessante que o modelo mais novo. Até o jogo virar, e os preços se inverterem.

O Galaxy Tab S9 FE vale a pena?

O Galaxy Tab S9 FE valerá a pena quando seu preço chegar à faixa de R$ 2.600. O tablet é bem completo, tem bom desempenho e tela boa para estudos. Mas o preço de lançamento, de R$ 3.200 pelo modelo Wi-Fi, é pouco atrativo. Ainda mais quando o antecessor, que é tão veloz quanto, está bem mais em conta.

A versão 5G custa R$ 3.600, e teria que custar pouca coisa a mais que o modelo Wi-Fi para compensar. Afinal, é apenas a conectividade móvel a mais no aparelho. Eu não pagaria mais que R$ 200 a mais por isso.

Continua após a publicidade