iPhone 12 deve ultrapassar recorde de vendas do iPhone 6, prevê analista

Por Diego Sousa | 09 de Abril de 2021 às 09h40
Daniel Romero/Unsplash

Que a linha iPhone 12 foi um sucesso no mundo todo, não é novidade. A expectativa em torno do lançamento do primeiro iPhone compatível com redes 5G se transformou em números e, logo no mês de estreia, se tornou o celular 5G mais vendido do ano. Além disso, o iPhone 12 Pro Max teve a melhor estreia entre todos os dispositivos da Apple desde 2018, mesmo em tempos de pandemia de COVID-19.

Se os últimos meses do ano passado para a Apple foram bastante positivos, o ano de 2021 deve continuar com a maré de sorte da Maçã, prevê o analista da Wedbush Dan Ives. Ele acredita que a linha iPhone 12 deva alcançar 250 milhões de unidades vendidas durante o ano fiscal, ou seja, que vai até setembro desde ano — quando o iPhone 13 deve ser lançado.

Se confirmado, os números ultrapassariam as vendas dos iPhone 6 e 6 Plus, lançados em 2014, quando a Apple comercializou 231 milhões de iPhones em um ano. A família de seis anos atrás se destacou, principalmente, por representar uma quebra no design tradicional da Apple, dos iPhone 4 e 5, e apostar num visual completamente renovado e tamanhos de tela maiores.

Já o iPhone 12 foi o primeiro celular da marca com suporte a redes 5G, característica que vem sendo cada vez mais adotada entre os concorrentes do mundo Android. Além disso, o analista estima que há 350 milhões de usuários de iPhone em todo mundo esperando uma "janela de oportunidade de atualização", ou seja, que possui um iPhone antigo e pretende comprar um novo, o que se traduz em um ciclo de atualização sem precedentes para a Apple este ano.

Linha iPhone 12 foi um sucesso de vendas desde seu lançamento (Imagem: Daniel Romero/Unsplash)

Vale mencionar, ainda, que, dentro os quatro modelos de iPhone 12 lançados, somente três ultrapassaram as expectativas da Apple. Segundo relatórios baseados na previsão da instituição finaceira JP Morgan Chase, divulgados em fevereiro deste ano, a demanda do iPhone 12 mini, o menor iPhone da nova geração, continua fraca, o que deve fazer com que a Apple interrompa a produção do aparelho já no segundo trimestre de 2021.

Outro modelo que deve ter sua produção diminuída é o iPhone 12 padrão, com uma queda de 9 milhões de unidades, mesmo que ele tenha se tornado um dos celulares 5G mais vendidos de 2020 pouco tempo após o lançamento, segundo a consultoria Counterpoint Research. Os modelos iPhone 12 Pro e Pro Max, por outro lado, deve registrar aumento da produção devido à alta demanda.

iPhone 13 deve manter legado do antecessor

Embora o iPhone 13 não deva trazer muitas novidades no design em relação ao iPhone 12, as melhorias na tela e no processamento devem fazer com que a próxima geração mantenha o sucesso de vendas do seu antecessor. Para este ano, espera-se o primeiro iPhone com display de 120 Hz, além de um notch ligeiramente menor e tecnologia de desbloqueio Touch ID embutida na tela.

Review do iPhone 12

Fonte: MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.