Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Tornado raríssimo girando em sentido oposto é visto nos EUA

Por| Editado por Luciana Zaramela | 07 de Maio de 2024 às 15h31

Link copiado!

Greg Lundeen/Domínio Público
Greg Lundeen/Domínio Público

Um evento meteorológico raro atingiu o centro-sul dos Estados Unidos no final do mês de abril — foi um tornado de rotação no sentido horário, o que ocorre em apenas 1% dos casos no Hemisfério Norte, além de outro visto indo do leste para o oeste, ambos bastante incomuns.

O tornado foi gerado por uma supercélula na tarde de 30 de abril, um tipo de tempestade severa, atingindo o estado americano de Oklahoma. Além de pedras de granizo e ventos fortes, esse tipo de ocorrência meteorológica também gera tornados, e, no caso aqui relatado, gerou vários.

A cidade afetada foi, mais especificamente, Loveland, situada na região do país mais afetada pela temporada de tornados, comuns nessa época e que costumam ser gerados por supercélulas. Tornados anticiclônicos, como o do evento, geralmente são fracos, mas desta vez, não foi o caso.

Continua após a publicidade

Um tornado muito raro

Como o fenômeno meteorológico seguiu forte mesmo girando em sentido horário, o Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos (National Weather Service) emitiu um comunicado onde definiu o tornado como “grande e extremamente perigoso”. Não houve, no entanto, nenhuma morte por sua conta, já que a maior parte do evento ocorreu em área de plantio, no máximo arrancando árvores e plantas até a raiz.

O órgão também informou que o tornado chegou a ficar “quase estacionário”, ou, no mínimo, moveu-se muito devagar, o que é bastante incomum. À CNN, o meteorologista do Serviço Nacional de Meteorologia Rick Smith contou que, quase sempre, os tornados seguem a supercélula por todo seu trajeto, o que não aconteceu neste caso.

Um segundo tornado, gerado também pela supercélula nos EUA, viajou do leste para o oeste, na direção contrária da comum no país e também contrariando o caminho do evento meteorológico que o gerou. É possível que ambos os fenômenos envolvendo tornados tenham ocorrido simultaneamente, o que é extremamente raro.

A temporada de furacões pode ocorrer em qualquer momento do ano, mas os meses de primavera são os mais comuns para tempestades nos Estados Unidos, com o pico ficando entre maio e início de junho no centro-sul. Mais a norte, isso pode se estender até julho. Só em abril, o Serviço Nacional de Meteorologia detectou 300 tornados, número vice-recordista para o mês desde que se há registro.

Fonte: NWS com informações de CNN