Projeto quer criar nuvens mais brancas e reflexivas para resfriar a Terra

Projeto quer criar nuvens mais brancas e reflexivas para resfriar a Terra

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 14 de Setembro de 2021 às 17h05
NASA

Nosso planeta enfrenta consequências severas relacionadas às mudanças climáticas e os principais relatórios apontam para um mundo ainda mais quente até 2050. Para somar forças na missão de enfrentar este grande desafio pela frente, um grupo internacional de cientistas atmosféricos propôs a criação de nuvens marinhas “mais brancas” e que reflitam mais luz solar para o espaço, como uma alternativa para o resfriamento da atmosfera terrestre.

O projeto colaborativo Marine Cloud Brightening (MCB), conduzido pela Universidade de Washington em parceria com o Centro de Pesquisa de Palo Alto (PARC) e a Biblioteca Nacional do Noroeste do Pacífico, concentra-se em um método teórico da geoengenharia chamado clareamento de nuvem marinha. Segundo os pesquisadores, o principal objetivo é explorar o aumento da capacidade de reflexão das nuvens marinhas baixas a partir da água do mar.

As nuvens longas e estreitas quase no centro da imagem são conhecidas como "rastros de navio" — registradas acima do Pacífico (Imagem: Reprodução/NASA)

A equipe se inspirou nas "nuvens" brancas emitidas por navios, conhecidas também como "rastros de navio". As vantagens em um sistema tão simples assim são muitas, como o uso da própria água disponível no mar. Ainda, é um projeto que pode ser conduzido no nível do mar, o que significa não depender de aeronaves — as quais gerariam mais custo e emissões de gases poluentes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Agora, o MCB se concentra em três etapas. Na primeira, eles investigam se é possível aumentar a refletividade das nuvens de maneira confiável e previsível. Na segunda, os resultados são modelados para entender melhor como o projeto poderia afetar o clima local e global. Por último, a equipe estuda como elaborar um sistema de pulverização que produza partículas de água com os tamanhos e concentrações ideais.

Os pesquisadores acreditam que, caso a ideia funcione, as nuvens mais brancas poderiam resfriar a atmosfera. O projeto, em si, não resolveria as mudanças climáticas, mas poderia proporcionar mais tempo para o mundo lidar com os gases de efeito estufa e as altas taxas de carbono atmosférico.

Fonte: Futurism, Interesting Engineering

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.