Publicidade

O que quer dizer a porcentagem de chance de chuva na previsão do tempo?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 30 de Setembro de 2023 às 10h00

Link copiado!

Johannes Plenio/Unsplash
Johannes Plenio/Unsplash

A previsão do tempo é acompanhada de perto por muitas pessoas, especialmente em tempos de clima extremo — mas será que sabemos interpretar corretamente as porcentagens que os meteorologistas nos informam? O que quer dizer, por exemplo, 30% de chance de chuva? Alguns trends recentes na internet mostram que os enganos com essa estatística são comuns.

Já começamos dizendo que não, chances de chuva de 30% não querem dizer que há 30% de chances de chover na região. Uma explicação que viralizou diz que os 30%, na verdade, querem dizer que há 100% de chance de chover em uma certa região, mas que só vai chover em 30% do local. Também não é tão simples — é possível, sim, que essa situação hipotética ocorra, mas o cálculo não funciona exatamente dessa maneira. Tudo tem a ver com a confiança da previsão.

Como meteorologistas calculam as chances de chuva?

Continua após a publicidade

Segundo organizações meteorológicas, como o Serviço Nacional do Clima dos Estados Unidos, a probabilidade de precipitação (chuva) é um dos elementos menos compreendidos das previsões climáticas. De forma resumida, a probabilidade de chuva é uma chance estatística de 0,25 mm ou mais de precipitação em um lugar específico.

Para fazer o cálculo, meteorologistas multiplicam o quanto de uma área eles acreditam que receberá chuva por quão confiantes estão de que a previsão de chuvas será correta. Para facilitar, vamos com um exemplo: duas maneiras que levam à previsão de 40% de chance de chuva.

Se um meteorologista tiver 80% de certeza de que vai chover, mas só espera que a precipitação atingirá 50% de um lugar, como uma cidade, então a cidade terá 40% de chance de chuva. Em outra situação, um meteorologista espera que a mesma cidade seja 100% atingida por chuvas, mas só tem 40% de certeza que a precipitação ocorrerá. Isso também resulta em 40% de chance de chuva na área de previsão.

Continua após a publicidade

Isso ajuda, também, a explicar as diferenças entre previsões meteorológicas feitas por empresas e organizações diferentes, por vezes muito gritantes — como cada uma utiliza seu próprio modelo, com satélites, balões meteorológicos e tecnologias diversas, a confiança na previsão acaba diferindo.

O elemento da imprevisibilidade muitas vezes acaba pesando contra a meteorologia. Com a melhora das tecnologias e a ajuda de IA, no entanto, as previsões vão ficando um pouco melhores a cada ano — e você, agora, está preparado para melhor interpretá-las.

Fonte: National Weather Service, IFLScience