Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Inmet dá alerta vermelho para onda de calor: "grande perigo"

Por| Editado por Luciana Zaramela | 15 de Março de 2024 às 12h27

Link copiado!

Freepik
Freepik

Na última quinta-feira (14), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta vermelho para a onda de calor no Brasil, sinalizando "grande perigo". As áreas mais afetadas envolvem os estados de MS, SP, PR, SC e RS, e conforme o comunicado, as temperaturas máximas devem ficar 5°C acima da média por mais de cinco dias consecutivos.

No início da semana, já havia o alerta para uma onda de calor intensa no fim de verão por causa de uma massa de ar quente que vem do norte da Argentina e impede o avanço das frentes frias.

Essa massa de ar quente rem relação direta com uma região de alta pressão onde se tem pouca nebulosidade, desse modo gera temperaturas cada vez mais altas.

Continua após a publicidade

No comunicado, o Inmet chama a atenção para o risco à saúde causado pelo calor extremo. Assim, é importante que a população fique atenta aos cuidados que devem ser tomados. 

Principais áreas afetadas

Como a massa de ar quente tem origem na Argentina e no Paraguai, as regiões mais próximas (ou seja, Sul, Sudeste e Centro-Oeste) são as principais afetadas. O Inmet divulgou a lista completa com as áreas que devem enfrentar um calor mais severo:

  • Norte Pioneiro Paranaense
  • Serrana
  • Oeste Catarinense
  • Presidente Prudente
  • São José do Rio Preto
  • Leste de Mato Grosso do Sul
  • Bauru
  • Piracicaba
  • Noroeste Rio-grandense
  • Centro Ocidental Paranaense
  • Ribeirão Preto
  • Araçatuba
  • Noroeste Paranaense
  • Marília
  • Norte Central Paranaense
  • Sudoeste de Mato Grosso do Sul
  • Araraquara, Sudoeste Paranaense
  • Oeste Paranaense
  • Pantanais Sul Mato-grossense
  • Itapetininga
  • Sudeste Paranaense
  • Centro Oriental Paranaense
  • Assis
  • Metropolitana de Curitiba
  • Centro Norte de Mato Grosso do Sul
  • Norte Catarinense
  • Centro-Sul Paranaense
  • Nordeste Rio-grandense
  • Vale do Itajaí
  • Campinas

Alerta amarelo

Em paralelo, o Inmet também apontou alerta amarelo (perigo em potencial) para determinadas áreas de MS, GO, SP, MG, ES e em todo o RJ. "A temperatura pode ficar 5ºC acima da média por um período de 2 a 3 dias", diz o instituto.

Continua após a publicidade

Cuidados no calor

Em meio a esse cenário, o Ministério da Saúde divulgou uma série de cuidados para tomar durante o calor. O primeiro é ficar alerto a sintomas de insolação (pele quente, seca e vermelha, pulsação rápida e forte, náusea, cãibras, desidratação (mal-estar, fraqueza, irritabilidade) e queimaduras.

Além disso, para lidar com a onda de calor, a população também deve evitar o contato direto do sol, bloqueando-o com toldos nas janelas, persiana, cortinas. O aumento do fluxo de ar (seja por janelas, umidificadores, ventiladores) também é altamente recomendado.

Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia