SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Gelo no mar da Antártida chega ao menor nível registrado

Por| Editado por Patricia Gnipper | 10 de Julho de 2023 às 13h27

Link copiado!

ADICTIVE_STOCK/envato
ADICTIVE_STOCK/envato

A Organização Meteorológica das Nações Unidas (WMO) alerta que o gelo no oceano da Antártida chegou aos menores níveis já registrados. Segundo a instituição, os níveis de gelo estavam 17% abaixo da média registrada desde o início das observações com satélites.

A redução de 17% quebra o recorde do ano anterior de forma substancial: a WMO destacou que, agora, foram registrados 2,6 milhões de quilômetros quadrados de gelo perdido, em comparação com 1,2 milhões de quilômetros quadrados do recorde de 2022.

Segundo a instituição, a cobertura do gelo passou o mês de junho em valores anormalmente baixos, quando comparado com o esperado para esta época do ano. “Esta é uma queda realmente dramática na extensão do gelo na Antártida”, alertou Dr. Omar Baddour, diretor de monitoramento climático na WMO.

Continua após a publicidade

Já Michael Sparrow, cientista do Programa de Pesquisa do Clima Mundial, considerou que a redução do gelo é significativa. “Estamos acostumados a ver estas grandes reduções no gelo no oceano Ártico, mas não na Antártida”, ressaltou ele.

No início do ano, estimativas do National Snow and Ice Data Center (NSIDC) apontaram que o gelo presente no oceano que cerca a Antártida havia chegado à menor cobertura registrada até aquele período.

O novo recorde foi registrado em meio a um período de altas temperaturas nos oceanos. Agora, a WMO explica que as temperaturas da superfície em oceanos de todo o mundo chegaram a recordes em maio e junho.

Continua após a publicidade

Além disso, ressaltaram que o calor não se espalha somente sob a superfície. “Todo o oceano está ficando mais quente e absorvendo energia que vai permanecer ali por centenas de anos”, destacaram membros da WMO.

Fonte: Reuters, WMO