Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Destruição causada por terremoto na Turquia aparece em imagens de satélite

Por| Editado por Patricia Gnipper | 08 de Fevereiro de 2023 às 15h23

Link copiado!

Imagem: Reprodução/Planet via Twitter
Imagem: Reprodução/Planet via Twitter

Imagens de satélite de alta resolução já estão permitindo a avaliação dos danos causados pelo forte terremoto que atingiu Turquia e Síria nesta segunda-feira (6). O abalo de 7.8 graus de magnitude e suas réplicas — tremores menores que seguiram o principal — fizeram pelo menos 11.200 vítimas e deixaram cidades devastadas.

Enquanto agências como a NASA ou a ESA ainda não publicaram imagens do desastroso terremoto na Turquia — seus satélites levam mais tempo tanto para revisitar cada parte do globo quanto para o processamento de seus dados — é possível ver a destruição por outros meios. Empresas privadas como a Planet e a Maxar já estão divulgando registros das áreas afetadas.

Continua após a publicidade

Os abalos sísmicos, cujo epicentro foi na cidade turca Kahramanmaraş, foram sentidos até em nações próximas como Líbano, Grécia e Palestina. Os países atingidos seguem na procura por sobreviventes da tragédia e aguardam a chegada de ajuda internacional. Neste processo, as imagens de satélite podem ser uma ferramenta valiosa — contribuindo com a avaliação de danos, organização das buscas e na alocação de recursos.

Observações orbitais como estas estão sendo organizadas pelo Centro de Satélites da ONU, que embora não possua aparelhos próprios, reúne as imagens de agências governamentais e empresas privadas.

O sismo desta segunda-feira foi o mais intenso registrado na Turquia desde 1999, quando um tremor de 7.6 graus de magnitude deixou mais de 17.000 mortos e mais de meio milhão de desabrigados no país.

Continua após a publicidade

Fonte: Space