Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Número de PC gamers usando Linux pode ter aumentado graças ao efeito Steam Deck

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 04 de Agosto de 2021 às 18h12

Link copiado!

Reprodução/Valve
Reprodução/Valve

Bastou anunciar seu novo portátil, que a proporção de gamers que utilizam distribuições Linux aumentou no Steam. De acordo com dados da Pesquisa de Hardware e Software do Steam, a revelação do Steam Deck teria feito a base de usuários de sistemas do pinguim aumentar — mas o Windows segue com liderança absoluta.

O site GamingOnLinux observou um pico na popularidade de distros Linux a partir do último relatório do Steam — a plataforma acumulou 1% da base de usuários. Por uma análise superficial do gráfico, dá para notar que é a primeira vez que os sistemas acumuam tantos utilizadores e que este crescimento é o maior de 2021.

Em números, o valor passa a chamar mais atenção. A pesquisa consultou computadores de 120 milhões de usuários ativos mensalmente no Steam — 1% disso equivale a cerca de 1,2 milhão de máquinas.

Continua após a publicidade

É difícil dizer com precisão que o crescimento abrupto ocorreu devido ao anúncio do Steam Deck, mas a coincidência é inquestionável. O Linux nunca teve uma presença muito forte no segmento de PC gamer, especialmente devido ao suporte limitado de vários títulos.

Linux não é tão popular entre gamers

Quando não há suporte oficial, jogadores precisam recorrer a softwares complementares para rodar títulos. Um exemplo de mecanismo comum nesse meio é o Proton, uma camada de compatibilidade que permite que jogos projetados para o Windows sejam executados em sistemas operacionais baseados em Linux.

O Steam Deck roda um sistema proprietário do Steam que é construído sobre o kernel do pinguim. O interesse da Valve no suporte para jogos no Linux pode ter chamado a atenção da comunidade, que decidiu migrar (ou, pelo menos, experimentar) a jogatina nas várias distros disponíveis, para então decidir se o investimento no portátil vale a pena.

Se os números não diminuírem significativamente nos próximos relatórios mensais, será a prova de que parte da comunidade da Steam realmente considera migrar para o Linux. Além disso, mostra que os jogadores acreditam que desenvolvedores darão mais atenção à plataforma, já que há um notável console equipado com esse tipo de sistema.

Windows segue líder absoluto

Ainda assim, não se anime tanto. Distros Linux continuam na lanterna na divisão entre sistemas — atrás até de sistemas da Apple. Neste mês, o Windows encarou uma queda insignificante de apenas 0,08%, seguindo com 96,49% da fatia de computadores com Steam.

Continua após a publicidade

O lançamento do Steam Deck acontecerá em dezembro deste ano e o console portátil custará US$ 399 em sua versão mais básica. Se a análise atual estiver correta, é provável que a quantidade de usuários ativos cresça significativamente também no fim do ano.

Fonte: GamingOnLinux, Windows Central