Agora ficou sério! Facebook prepara processo antitruste contra a Apple

Agora ficou sério! Facebook prepara processo antitruste contra a Apple

Por Ramon de Souza | 28 de Janeiro de 2021 às 22h40
Reprodução/Alex Haney (Unsplash)

De acordo com informações divulgadas pelo jornal The Information, o Facebook está prestes a escalar sua briga contra a Apple e registrar formalmente um processo antitruste contra a empresa de Tim Cook, alegando que ela estaria adotando “práticas anticompetitivas” para sufocar a concorrência. De acordo com as fontes do periódico, a ação judicial já estaria sendo preparada “há meses” pela rede social.

O ponto central do debate deve ser o fato de que a Maçã não permite que aplicativos de terceiros sejam configurados como padrões para, por exemplo, a troca de mensagens instantâneas — vale lembrar que a companhia de Mark Zuckerberg já trocou alfinetadas após tentar fazer com que a Apple permitisse que os usuários do iOS trocassem o iMessage pelo Facebook Messenger como principal app de comunicação por texto.

Ademais, a rede social também deve prosseguir com suas críticas ao modelo de cobranças da App Store (que obriga os desenvolvedores a usarem a plataforma de pagamentos da própria loja, que cobra uma taxa de 30% sobre cada transação efetuada internamente) e do App Track Transparency (ATT), que alerta o internauta caso o aplicativo em questão colete informações pessoais para fins de publicidade.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O argumento do Facebook possivelmente será o de que os softwares da Apple não estão sujeitos ao ATT — uma alegação que não faz muito sentido, uma vez que a Maçã "jura de pé junto" não coletar dados de seus clientes para propaganda direcionada. Esta não será a primeira vez que Zuckerberg se posiciona contra tal política de privacidade implementada no iOS 14; diversas críticas já foram tecidas de forma pública.

Vale lembrar que, no fim de 2020, o Facebook anunciou que apoiaria a Epic Games em seu próprio processo judicial contra a Apple; logo, é bem provável que a desenvolvedora de Fortnite e outros jogos eletrônicos faça o mesmo para “retribuir o favor”.

Fonte: MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.