Mensagem com grupo de caracteres invisíveis pode travar também o iOS

Por Jessica Pinheiro | 09 de Maio de 2018 às 14h13
Apple Insider
Tudo sobre

Apple

Depois do botão preto no Android, posteriormente adaptado para a versão do esquilo no Brasil, chegou a vez dos iPhones e iPads serem vítimas do bug de texto Unicode. O chamado “bug do ponto preto” é uma brincadeira comumente propagada através do emoticon de uma bola preta, e a versão de iOS é um pouco diferente das anteriores em sua mecânica – muito embora nenhuma das variantes realmente dependa do caractere do ponto preto para congelar a tela do aparelho celular.

O segredo do “ponto preto da morte”, como está sendo chamado, está nas strings que contêm caracteres Unicode ocultos. Uma vez que o usuário clica nesses caracteres, eles agitam os ciclos da CPU enquanto o sistema tenta processá-los, falhando repetidas vezes e causando, portanto, o travamento do aplicativo. O texto especialmente criado para causar esses congelamentos afeta também outras plataformas, e não apenas o iOS.

Isto significa que em um macOS, um watchOS e até mesmo um tvOS podem sofrer descontrole no uso de memória, o que deverá criar arquivos de troca gigantes no processo. Aparentemente, o grande número de caracteres invisíveis faz com que o mecanismo de processamento de texto execute indefinidamente em torno do processamento da string, causando por fim a trava no sistema operacional e nos aplicativos mais usados.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Como fugir desse bug

(Imagem: Cult of Mac)

No iOS, o bug está afetando a versão 11.3 e o 11.4 beta. Resta esperar para que a Apple lance as devidas correções, uma vez que estes erros já foram relatados para a empresa. O Unicode é complicado e diversificado, e é bastante difícil eliminar completamente todos os bugs relacionados a ele, mantendo o desempenho do sistema enquanto isso.

Todavia, até que a Maçã lance um novo firmware, a alternativa para evitar o congelamento, caso alguém lhe envie este texto, é tentar forçar a saída do aplicativo de mensagens e usar o 3D Touch para abrir um painel de nova mensagem. Logo que conseguir executar esta ação, volte à lista de mensagens enviadas a você e exclua o segmento mal-intencionado. Outra solução pode ser também abrir um dispositivo sincronizado com o iCloud e excluir a mensagem remotamente.

Fonte: 9 to 5 Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.