Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Microsoft explica comportamento estranho do Bing com ChatGPT

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 16 de Fevereiro de 2023 às 14h08

Link copiado!

Reprodução/Microsoft
Reprodução/Microsoft
Tudo sobre Microsoft

A Microsoft divulgou uma lista com as principais falhas detectadas na semana de lançamento do "novo Bing", agora dotado de IA graças à integração com o ChatGPT. Um dos achados é a dificuldade do serviço de lidar com conversas muito longas, porque isso faz com que a inteligência artificial dê respostas repetitivas ou pouco úteis.

Segundo a empresa, isso ocorre porque a IA não foi projetada para bate-papo com fins de entretenimento, e sim como uma ferramenta de respostas objetivas. Toda conversa com 15 ou mais perguntas podem confundir o modelo do Bing e gerar falhas de compreensão.

Continua após a publicidade

A sugestão da Gigante de Redmond é apagar o histórico de bate-papo sempre que possível, principalmente se for mudar de assunto. Quando alguém trata de coisas completamente diferentes na mesma conversa, o índice de erros do buscador sobe devido à mistura de assuntos.

O resumo da Big Tech também inclui outros incidentes relatados pelos usuários, como respostas erradas, insultos, notícias falsas e até questões de manipulação emocional. Sim, o "BingGPT" pode se descontrolar e dar respostas inesperadas ou curtas demais.

Parece que a modelagem vai ficando meio cansada conforme sessões ficam mais longas, o que resulta em respostas mais ríspidas ou incompletas. A tendência de erro também cresce conforme o uso, incluindo o ato de dizer que o usuário está enganado, mesmo estando certo.

Há relatos até de situações no qual o mecanismo de busca chegou a "reconhecer" que espiona funcionários da Microsoft em suas webcams. Ele supostamente acessaria as câmeras dos notebooks para manipulá-los com as imagens.

Continua após a publicidade

O que deve mudar no Bing?

A Microsoft deve implementar um botão para atualizar o contexto com mais facilidade ou começar do zero as interações. A promessa para o futuro é manter um controle mais rígido para evitar desvios de comportamento.

O buscador recebeu suporte a uma versão moderna do ChatGPT (GPT-4) adaptada para o serviço e está em uma versão de testes com público limitado. A empresa deve promover várias mudanças após a coleta do feedback de pessoas de 169 países, incluindo melhorias no tom e na precisão das respostas.

Não há um prazo para correção dos erros, porque novas falhas surgem diariamente. Por outro lado, a empresa diz ter ficado contente pelo índice de respostas satisfatórias ter alcançado 71% do total de participantes do teste.

Continua após a publicidade

Ontem (15), o vice-presidente da Microsoft Yusuf Mehdi disse que pode expandir a disponibilidade do Bing com ChatGPT para outros navegadores além do Edge. A medida seria uma forma de acelerar o processo de distribuição da inteligência artificial para as milhões de pessoas inscritas na lista de espera.