Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como usar o DNS público do Google

Por| Editado por Bruno Salutes | 27 de Junho de 2022 às 15h30

Link copiado!

Montagem: Caio Carvalho/Canaltech
Montagem: Caio Carvalho/Canaltech

O DNS do Google é uma solução gratuita que pode ser usada para melhorar a internet. O sistema de nomes de domínio do Google permite a você se conectar à web e traduzir vários IPs sem precisar recorrer a outras ferramentas.

Configurar o DNS público do Google é simples. Veja no tutorial a seguir como mudar o endereço DNS do seu PC e usar o DNS do Google. Para este exemplo, foi usado o Windows 10 e o macOS Monterey, mas o procedimento também é compatível com outras versões de ambos os sistemas. Já no Linux, a versão utilizada foi o Linux Mint 19.3.

Como usar o DNS do Google no Windows

Continua após a publicidade
  1. Clique no Menu Iniciar e entre em “Configurações";

  2. Vá em “Rede e internet” e depois na aba “Wi-Fi”. Siga este passo mesmo se você estiver usando internet via cabo;

  3. No menu à direita, clique em “Alterar opções de adaptador”;

  4. Clique com o botão direito em cima da rede de internet ativa no momento e vá em “Propriedades”. Você precisa ter permissões de administrador para continuar;

  5. Encontre “Protocolo IP Versão 4 (TCP/IPv4)”, selecione e clique em “Propriedades”;

  6. Marque a opção “Usar os seguintes endereços de servidor DNS”;

  7. Insira os números do DNS do Google: 8.8.8.8, no campo “Servidor DNS preferencial”; e 8.8.4.4, no campo “Servidor DNS alternativo”;

  8. Clique em “OK” para salvar.

Como usar o DNS do Google no macOS

  1. Clique no Menu Apple (ícone da Maçã), no canto superior esquerdo da tela;

  2. Vá em “Preferências do Sistema” e depois em “Rede”;

  3. Clique em cima da sua conexão ativa de internet;

  4. Clique em “Avançado" e entre na aba “DNS”;

  5. Na tabela “Servidores DNS”, à esquerda”, clique no botão de mais (“+”);

  6. Primeiro, adicione o número 8.8.8.8. Depois, clique novamente no botão “+" e adicione 8.8.4.4;

  7. Clique em “OK" e, voltando à tela de configurações, finalize no botão “Aplicar”.

Como usar o DNS do Google no Linux

  1. Abra o menu “Sistema";

  2. Selecione “Preferências" e depois “Conexão de Rede”. Algumas versões do Linux podem ter nomes diferentes nos campos, mas a maneira de ativação segue as mesmas etapas;

  3. Clique em “IPV4”;

  4. No campo de endereços, selecione a opção "Automatic (DHCP)". Em seguida, clique no ícone de "+" do campo DNS;

  5. Em “DNS Server”, digite 8.8.8.8, no primeiro campo, e 8.8.4.4, no campo seguinte. Em algumas versões do Linux, é necessário digitar os dois endereços separados por uma vírgula;

  6. Clique em “Aplicar" para concluir as alterações.
Continua após a publicidade

DNS do Google: vantagens e desvantagens

O DNS público do Google foi disponibilizado pela empresa em 2009 com a premissa de deixar a conexão de internet mais rápida. Uma de suas vantagens é o encaminhamento através de anycast, que redireciona o usuário para o data center mais próximo. Além disso, seus servidores trabalham utilizando dois níveis de cache, reduzindo a taxa de erros.

Outro benefício é que o DNS do Google está diretamente atrelado ao motor de busca da companhia, o que significa que ele consegue encontrar endereços IP, dados de sites e outros elementos de forma mais ágil. Isso sem contar que o DNS é totalmente gratuito.

É aí que entra a desvantagem do DNS do Google: por ser de graça, a opção acaba deixando a desejar se comparada a outros servidores pagos, que por sua vez oferecem ferramentas mais robustas (bloqueio de conteúdo adulto, filtro de busca, entre outras) para gerenciamento web.