Publicidade

Máquina do Tempo | Como era o visual antigo do Spotify

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 02 de Setembro de 2023 às 16h00

Link copiado!

(Imagem: Alexander Shatov/Unsplash)
(Imagem: Alexander Shatov/Unsplash)
Tudo sobre Spotify

A transformação do visual antigo do Spotify na internet mostra como essa plataforma de streaming se popularizou e revolucionou a indústria musical. A facilidade de acesso a vastas coleções de músicas de maneira legítima mudou o formato da distribuição de áudio digital, que antes vivia desafios ligados à pirataria.

Como era o visual antigo do Spotify

Em 2008, Daniel Ek e Martin Lorentzon fundaram o Spotify na Suécia. A proposta da plataforma era proporcionar aos usuários um acesso facilitado a bibliotecas musicais sem a necessidade de recorrer a programas de download de áudio ilícito, que prejudicavam a indústria musical e ainda colocavam os computadores em risco de infecção por vírus e malwares.

Continua após a publicidade

Com o passar do tempo, o Spotify se popularizou e expandiu sua oferta de serviços para incluir opções de assinatura, com uma versão gratuita com anúncios e uma versão premium livre de interrupções. Além disso, integrou podcasts à sua plataforma, possibilidade de ouvir offline e algoritmos inteligentes de recomendação, se tornando um dos mais importantes serviços de streaming musical do mundo.

Spotify em 2006

Em 2006, o Spotify lançou a sua primeira página na internet. Nessa época, o site era bastante simples, com informações diretas sobre o serviço, um logo discreto no canto superior esquerdo e um box de inscrição para usuários receberem novidades.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Spotify em 2008

Após dois anos, a página do Spotify passou por melhorias, tornando-se mais atrativa, com um banner de destaque no topo e uma proposta de valor bem definida. Logo abaixo, é possível notar que a empresa oferecia opções de planos gratuitos e pagos, e também ressalta que suas operações ainda não se estendiam a todos os países do mundo.

Spotify em 2011

Continua após a publicidade

No ano de 2011, o Spotify lançou o software da sua plataforma que era compatível com computadores. Além disso, foram adicionados novos recursos, como a opção de fazer o download de músicas para escutá-las offline e a oportunidade de enviar cartões-presente para que as pessoas pudessem adquirir um período da versão premium de assinatura.

Spotify em 2012

No ano seguinte, a página do Spotify passou por uma reestruturação e adotou um design limpo e simplificado. O site passou a ser um local para o download direto do aplicativo para computador com poucas informações, incluindo um título que reforçava a facilidade de ter acesso a uma enorme biblioteca musical. Isso possivelmente se deve à crescente popularidade que a empresa alcançou.

Continua após a publicidade

Spotify em 2016

No ano de 2016, o Spotify realizou alterações em sua identidade visual com transformações significativas. Uma das mudanças de maior destaque foi o logo, que se tornou simbolicamente marcante. Além disso, nesse processo de rebranding, o visual da página na internet também foi modificado, aproximando-se da aparência dos dias atuais.

Outra alteração foi a adaptação do tom de verde da marca, que passou a ter tonalidade mais sóbria. Essas mudanças não apenas modernizaram a imagem da empresa, mas também refletiram o crescimento e a maturidade da plataforma na indústria de streaming de música.

Continua após a publicidade

Se você quiser aprender mais funcionalidades da plataforma do Spotify, conheça os recursos "escondidos" no aplicativo.