10 deepfakes mais impressionantes que confundiram a internet

10 deepfakes mais impressionantes que confundiram a internet

Por Munique Shih | Editado por Douglas Ciriaco | 01 de Julho de 2022 às 10h14
Reprodução/Brianmonarch

O deepfake é uma tecnologia de inteligência artificial baseada em aprendizagem profundo (deep learning) e que é "alimentada" por um grande conjunto de dados e imagens para criar imagens de eventos falsos.

A técnica pode ser usada para criar vídeos divertidos e recriar cenas de filmes, mas, ao mesmo tempo, tem levantado preocupações devido à sua capacidade de criar conteúdos modificados muito próximos da realidade. Isso, segundo especialistas, é capaz de prejudicar a imagem das vítimas de deepfake, como discursos eleitorais ou pornografia com celebridades.

Para desenvolver um deepfake, os criadores geralmente treinam uma IA por um determinado período para ela aprender como um rosto ou uma voz se comporta usando milhares de imagens com as diferentes expressões ou o tom de voz de uma pessoa.

O Canaltech vasculhou a web e selecionou os 10 deepfakes mais impressionantes disponíveis na rede. Confira!

10. Discurso falso de Obama

O deepfake do ex-presidente dos EUA, Barack Obama, parece real, mas ele foi criado pelo ator e cineasta Jordan Peele junto do Buzzfeed para chamar a atenção para o crescente problema relacionado a vídeos de notícias falsas.

9. Discurso falso de Zelensky

Neste vídeo, o deepfake do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky faz um discurso anunciando redinção às tropas da Rússia. O vídeo falso circulou nas redes sociais e foi postado por hackers no site de uma emissora de notícias local. O conteúdo foi retirado do ar no mesmo dia pelas principais plataformas.

8. Mark Zuckerberg sincero

Os artistas Bill Posters e Daniel Howe se reuniram com a agência britânica Cannys para criar um deepfake do CEO da Meta, que fez parte da exposição inglesa "Spectre", em 2019. O tema principal do evento era a discussão sobre as táticas usadas por Big Techs, ativistas políticos e empresas de marketing para influenciar comportamento online e offline dos usuários.

7. Tom Cruise no TikTok

O perfil @deeptomcruise do TikTok foi criado pelo especialista de efeitos visuais Chris Ume e se dedica a fazer vídeos com deepfakes bastante realistass do ator Tom Cruise. As cenas com a voz e a postura de Cruise são feitas pelo ator Miles Fisher.

6. Mesa redonda deepfake

Em 2019, o canal do YouTube Collider criou uma mesa redonda com deepfakes de Tom Cruise, Robert Downey Jr., George Lucas, Ewan McGregor e Jeff Goldblum para discutir sobre o futuro dos streamings e do cinema.

5. E se Neo tivesse escolhido pílula azul?

Neste plot criado pelo canal do YouTube Ctrl Shift Face, o criador mostra como seria a vida de Neo, de Matrix, se ele tivesse tomado a pílula azul e voltado para a sua vida normal. Com a técnica do deepfake, o "Escolhido" é transformado no personagem Peter, de Como Enlouquecer Seu Chefe, interpretado originalmente por Ron Livingston.

4. Revivendo artistas

Para comemorar os 115 anos do nascimento do artista espanhol Salvador Dalí, em 2019, o museu dedicado a ele em São Petersburgo (Flórida, EUA), criou um deepfake do artista para interagir com os visitantes do museu. A IA, feita a partir de 6 mil frames retirados de filmes com o próprio Dalí, também contou com aproximadamente 190 mil combinações de conversas.

3. Startrek de bilionários

Bilionários em um filme sci-fi? O canal do YouTube The Fakening conseguiu reunir Elon Musk e Jeff Bezzos na cena do primeiro piloto da série StarTrek com o fundador da Amazon como o magistrado, líder dos Talosianos, e Musk como Capitão Pike. O resultado é assustadoramente real.

2. Stallone e Schwarzenegger estreiam filme de comédia

Nesta cena criada pelo comediante Brian Monarch com ajuda de deepfake, Sylvester Stallone e Arnold Schwarzenegger são colocados no lugar de Will Ferrell e John C. Reilly na comédia Quase Irmãos, de 2008. A edição da cena é tão bem feita que até parece um trecho original do filme.

1. Robert Downey Jr. e Tom Holland em De Volta para o Futuro

Com a ajuda de deepfake, o canal do YouTube EZRyderX47 recriou uma cena do primeiro filme da trilogia De Volta para o Futuro, lançado em 1985, onde Marty McFly e Doc Emmett Brown ganham as feições dos intérpretes dos heróis Homem-Aranha e Homem de Ferro dos filmes da Marvel.

Deepfakes podem ser usados para fins ilimitados

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.