Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

4 funções do ChatGPT que eram pagas e agora estão de graça

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 14 de Maio de 2024 às 11h01

Link copiado!

Mojahid Mottakin/Unsplash
Mojahid Mottakin/Unsplash

Com o lançamento do modelo GPT-4o, algumas funções do ChatGPT que eram pagas e restritas aos assinantes se tornaram gratuitas para todo o público. O chatbot de IA generativa da OpenAI ganhou a maior atualização na versão gratuita desde o lançamento da ferramenta, e agora todas as pessoas podem acessar recursos do modelo GPT-4 para obter respostas com consulta em tempo real à internet, por exemplo.

O upgrade do ChatGPT conta ainda com melhorias na assistente por voz, que se tornou multimodal e com baixa latência, e a liberação dos GPTs especializados da GPT Store sem a necessidade de ter um plano de assinatura do chatbot.

4 funções do ChatGPT que agora são gratuitas

Continua após a publicidade

Os recursos que antes eram exclusivos do ChatGPT Plus ou planos para empresas e que agora são gratuitos com a atualização para o modelo de linguagem GPT-4o são:

1. GPT-4o

O novo GPT-o libera para todas as pessoas o mesmo modelo, que tem capacidade de processamento superior à versão GPT-4. “Ele corresponde ao desempenho do GPT-4 Turbo em texto em inglês e código, com melhoria significativa em texto em idiomas diferentes do inglês, ao mesmo tempo que é muito mais rápido e 50% mais barato na API”, informa o blog da OpenAI.

Continua após a publicidade

O fato de o GPT-4o ser mais rápido e mais barato é o que permitiu que a empresa liberasse a gratuidade de uso do modelo para todas as pessoas — já que há um custo menos de processamento de dados na nuvem.

2. Consulta à internet em tempo real

Outro diferencial do novo LLM no ChatGPT é a consulta em tempo real a fontes na internet para gerar as respostas. Nos modelos anteriores, apenas os assinantes contavam com esse recurso junto ao GPT-4. Para quem acessava a versão gratuita, os dados eram limitados à base de treinamento do modelo — o GPT-3.5 estava limitado a informações até 2022.

3. Acesso aos GPTs

Continua após a publicidade

A OpenAI também liberou o acesso para todo o público à GPT Store, onde é possível adquirir GPTs especializados em diferentes funções ou áreas do conhecimento. Antes, a loja só estava disponível para assinantes de alguma versão paga do chatbot, então os criadores de GPTs personalizados poderão vender suas soluções para um público maior.

4. Capacidade multimodal

O novo modelo GPT-o apresenta também novas capacidades de analisar e compreender entradas e comandos em diferentes formatos. Isso significa que agora é possível enviar um gráfico em imagem e solicitar uma leitura dos dados ou tirar uma foto de um cardápio e pedir a tradução dos itens para outra língua.

Continua após a publicidade

A característica multimodal permite também combinar texto, imagem, vídeo e voz para realizar consultas no ChatGPT. A nova assistente de voz do chatbot tem um tempo de resposta de 0,32 segundo. “Antes do GPT-4o, você podia usar o modo de voz para falar com o ChatGPT com latências de 2,8 segundos (GPT-3,5) e 5,4 segundos (GPT-4) em média”, revela a companhia.

Vale a pena assinar o ChatGPT?

Enquanto a OpenAI libera mais recursos para todas as pessoas, os assinantes de versões pagas do ChatGPT podem questionar quais são as vantagens de continuar com seus planos.

Segundo a empresa, “os assinantes Plus terão um limite de mensagens até 5x maior do que os usuários gratuitos, e os assinantes Team e Enterprise terão limites ainda maiores”. O modelo GPT-o foi anunciado no dia 13 de maio pela OpenAI com início de distribuição gradual para todo o público.

Continua após a publicidade

Para saber mais sobre os planos de assinatura, veja preços das versões pagas do ChatGPT.