Teste de 5G ultrapassa os 3 Gbps utilizando diferentes faixas de frequência

Por Rubens Eishima | 11 de Maio de 2020 às 08h10

A Qualcomm anunciou em parceria com a japonesa Fujitsu a realização de um teste de rede 5G com velocidade superior a 3 Gbps (gigabits por segundo). Para efeito de comparação, a velocidade média da banda larga fixa no Brasil é praticamente 100 vezes inferior a obtida pelas empresas.

Esse número foi alcançado sem o uso das frequências mais rápidas do 5G, as mmWave ou ondas milimétricas. Um aparelho equipado com o modem Snapdragon X55 – o mesmo presente no Snapdragon 865 dos topos de linha de 2020 – se conectou a uma estação-base da Fujitsu utilizando as frequências de 3,5 GHz e 4,9 GHz de maneira agregada. A técnica permite utilizar mais de uma conexão simultaneamente, multiplicando a velocidade de acesso.

Segundo a Qualcomm, o modem X55 é capaz de velocidades máximas (teóricas) de até 5 Gbps. Apesar de ocupar mais frequências disponíveis na antena, a técnica permite “liberar” a conexão mais rapidamente, o que em tese pode levar a um uso mais eficiente da estrutura.

Outra característica do teste foi o uso de uma arquitetura não autônoma – non standalone architecture (NSA) em inglês – que simplifica a implementação da rede de comunicação, aproveitando parte da estrutura já utilizada pelo 4G.

Importante destacar que a velocidade foi obtida em um teste controlado e, na prática, podemos esperar um resultado inferior ao do teste. No Brasil, a nova geração da rede celular ainda é esperada para 2021.

Fonte: Qualcomm

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.