Brasil se prepara para implementar o 5G sem "quebrar" a internet

Por Rubens Eishima | 23 de Março de 2020 às 13h30
SatteliteToday
Tudo sobre

Anatel

Saiba tudo sobre Anatel

Ver mais

A rede de telefonia móvel 5G ainda pode estar longe de ser realidade por aqui, mas os preparativos para a chegada da nova rede de alta velocidade já ajudam a infraestrutura da internet no Brasil.

Em entrevista ao jornalista Bruno Romani, do jornal O Estado de S. Paulo, o diretor de relações governamentais da Cisco, Giuseppe Marrara, afirmou que, apesar de as redes ainda não estarem prontas – sequer os leilões foram realizados –, “as operadoras já têm investido no seu núcleo, o que garante uma certa capacidade adicional”.

O investimento na estrutura se explica porque, ainda que as operadoras dependam do leilão das frequências por parte da Anatel para iniciar a implantação da rede móvel, a rede de comunicação entre as antenas e as centrais das empresas já pode ser atualizada. A ideia, com isso, é se preparar para o aumento do tráfego de dados com a chegada na nova geração de rede sem fio.

Segundo Marrara, a empresa norte-americana já lançou “equipamentos de núcleo de redeque entregam até 50 vezes mais capacidade que um núcleo normal”.

Quanto à chegada do 5G ao Brasil, até o momento, não há mudanças no cronograma, que ainda depende do leilão e das conversas da Anatel com as partes interessadas. O evento dainda é esperado para o final deste ano, mas a implementação das redes pode ser impactada pelo tempo de duração da pandemia de coronavírus que atinge o Brasil e o mundo.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.