SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Temperatura de CPUs Ryzen deve continuar aumentando, diz AMD

Por| Editado por Jones Oliveira | 30 de Outubro de 2023 às 12h40

Link copiado!

Luis Gonzalez/Unplash
Luis Gonzalez/Unplash
Tudo sobre AMD

O lançamento dos Ryzen 7000 há cerca de um ano trouxe muitos elogios para a AMD. No entanto, os processadores também trouxeram um alto nível de aquecimento, que segundo o próprio vice-presidente do time vermelho, David Mcafee, vai continuar acontecendo nas próximas gerações.

A declaração foi dada durante uma entrevista ao site Quasar Zone, em uma sessão de perguntas e respostas. Na ocasião, o entrevistador questionou o executivo sobre o fato do consumo energético dos novos processadores ser inferior ao dos concorrentes, mas mesmo assim as temperaturas serem altas. Mcafee afirmou que isso é uma consequência do aumento na quantidade de transistores a cada geração e acredita que é um fenômeno que vai continuar:

"Nós estamos trabalhando junto com a TSMC para colocar mais esforços no processo de fabricação. Ao mesmo tempo, devemos garantir a qualidade e estabilidade dos semicondutores. Quanto mais avançados forem os processos usados no futuro, acreditamos que o fenômeno atual de alta densidade de temperatura vai ser mantido ou intensificado. No entanto, será bem importante encontrar uma forma de efetivamente eliminar esse calor gerado por chiplets de alta densidade no futuro".
Continua após a publicidade

A chapa quente dos processadores

As falas de David não são exatamente o que os usuários de PC gostariam de ler. As maiores críticas de consumidores tanto para a AMD quanto para a Intel são relacionadas com o aumento na temperatura dos processadores. Aliás, a principal recomendação é usar water coolers parrudos de 360mm para resfriar certos modelos.

Além da confirmação da AMD, uma entrevista de um engenheiro da Intel ao canal do YouTube der8auer também atesta que o time azul está ciente do problema e sabe que irá continuar. Com os processadores aumentando cada vez mais a densidade de transistores a cada geração, os produtos conseguem aumentar o desempenho de forma considerável, mas o preço se traduz em mais liberação de calor para tudo funcionar.

Continua após a publicidade

Seguindo o posicionamento das empresas, é improvável que esse cenário mude no curto prazo. Todavia, seria interessante ver modos de economia de energia mais otimizados no futuro, como o AMD ECO, disponível nos Ryzen 7000.

Fonte: QuasarZone (via Wccftech)