Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Selo Intel Evo chega à 4ª versão com novos critérios; veja quais

Por| Editado por Jones Oliveira | 15 de Dezembro de 2023 às 16h15

Link copiado!

Jones Oliveira/Canaltech
Jones Oliveira/Canaltech
Tudo sobre Intel

Após alguns meses de espera, os processadores Meteor Lake já estão entre nós e foram oficialmente revelados em um evento na última quinta-feira, 14. Além de mostrar mais sobre a nova arquitetura, design com tiles e uma NPU dedicada para IA, a Intel também atualizou o selo Intel Evo para sua quarta geração e adicionou novos critérios garantir que um notebook atenda todos os padrões de qualidade estabelecidos pela indústria.

O selo Intel Evo é bem criterioso e pede que as fabricantes cumpram uma série extensa de critérios para que seus notebooks ganhem ou não essa certificação de qualidade. Na nova versão, a companhia azul foi mais específica em certas características. Agora, por exemplo, os notebooks com display Full HD precisam ter no mínimo 10 horas de bateria, oferecendo quatro horas de autonomia com uma carga rápida de 30 minutos. Antes, o padrão exigia 9,5 horas para os produtos.

A memória RAM foi ligeiramente alterada. A empresa solicita de 8 GB a 12 GB DDR4/DDR5 em dual-channel como quantidade mínima, além dos tradicionais 256 GB de SSD PCIe. Padrões de conectividade como o Thunderbolt 4 e o WiFi 6E não foram alterados, mas a Intel agora exige que o padrão da rede sem fio seja compatível com a banda de 6Ghz para baixa latência.

Continua após a publicidade

Meteor Lake Ultra é obrigação

Agora o selo Intel Evo pede que os novos notebooks venham com processadores Meteor Lake Core Ultra 5, 7 ou 9. Ademais, há a opção desses notebooks terem placas Intel Arc ou modelos dedicados de outras fabricantes, mas esse não chega a ser um critério e parece mais uma recomendação. Falando em recomendações importantes, as máquinas ainda precisam ter o Windows 11 com a atualização de 2023.

Outra obrigação é a integração com a NPU, mas isso é algo que já fica subentendido pelo fato de outra característica serem os Meteor Lake. Para isso, os notebooks precisam ter plena capacidade de supressão de ruído em fones/microfones, compatibilidade com o Microsoft Studio Effects e sensores de proximidade.

Continua após a publicidade

A respeito das telas, o novo critério aponta que os notebooks precisam ter display de 12 polegadas na resolução Full HD. As webcams em resolução 1080p continuam, mas agora todas precisam passar por um teste de qualidade da VCX, uma organização que classifica benchmarks de câmeras para portáteis. Com muitas outras especificações, confira a lista completa da quarta versão do selo Intel Evo:

  • Processadores Meteor Lake Core Ultra 5, 7 e 9
  • Mínimo de 8 GB de RAM em dual-channel
  • Mínimo de 256 GB de SSD PCIe
  • Windows 11 2023
  • Eficiência com NPU
  • Login com biometria, reconhecimento facial ou proximidade com smartphone
  • Autenticação rápida inferior a 1,5 segundos
  • 10 horas ou mais de bateria em notebooks com tela FHD
  • 4 horas de bateria com carga de 30 minutos
  • WiFi 6E
  • Thunderbolt 4
  • Conexão LTE ou 5G opcional
  • Intel Connectivity Performance Suite
  • Webcam FHD com certificação VCX
  • Compatibilidade com o Microsoft Studio Effects
  • Sensores de aproximação
  • Intel Adaptix Technology
  • Intel Arc ou GPU dedicada opcional
  • Intel Unison para conectividade com smartphones
  • Certificação EPEAT ou TCO para sustentabilidade
  • Sistema de áudio imersivo
  • Chassis finos e leves para notebooks 2 em 1 conversíveis

Os notebooks com os primeiros processadores Meteor Lake só chegam ao Brasil em meados de 2024, mas já estão disponíveis para compra no varejo internacional.

Continua após a publicidade

🛒Compre o notebook Acer Swift 3 com processador Intel Core i5 Evo em promoção na Kabum!

🛒Compre o notebook ASUS Zenbook S13 com selo Intel Evo e tela OLED 2.8 na Kabum!