Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

RTX 5090 pode ter frequência base gigantesca

Por| 10 de Julho de 2024 às 10h13

Link copiado!

NVIDIA YouTube
NVIDIA YouTube
Tudo sobre Nvidia

Rumores acerca das novas GeForce RX 5000 da NVIDIA não são novidade e já vêm esquentando a indústria há algum tempo. A especulação da vez é do famoso fórum Chiphell, onde o informante Panzerlied indicou na terça-feira (09) que a vindoura RTX 5090 terá uma frequência base gigantesca de 2,9 GHz, bem superior ao da antecessora.

Em sua publicação, o insider comenta que a frequência base da RTX 5090 chegará perto dos 2,9 GHz. Isso significa que o valor real deve ser na casa dos 2.800 MHz, mas como alguns bons meses ainda separam a GPU de seu lançamento, não seria surpresa se a NVIDIA aumentasse um pouco mais desse clock.

Para comparação, a atual RTX 4090 opera com clock base de 2,2 GHz, representando um aumento de 30% entre as gerações. Em games ou aplicações complexas, o que é realmente considerado é a frequência em boost, que geralmente é 200 ou 300 MHz mais alta. Esse clock é ativado quando a GPU entende que precisa de uma ajuda extra para renderizar as imagens.

Continua após a publicidade

No entanto, a RTX 5090 ainda não ganhou especificações tão detalhadas. O que se especula é que a implementação máxima da NVIDIA para a nova geração chegue com até 32 GB de memória VRAM com a nova tecnologia GDDR7. Isso deve culminar em uma largura de banda de 1,5 TB/s, já que o barramento da memória seria de 512-bit.

A data de lançamento das RTX 5000 ainda é um mistério, mas a expectativa é que a geração seja lançada no começo de 2025.

Fonte: Chiphell