Publicidade

Raspberry Pi 5 traz muitas melhorias e suporte a SSDs NVMe PCIe 2.0

Por| Editado por Jones Oliveira | 28 de Setembro de 2023 às 10h30

Link copiado!

Raspberry Pi
Raspberry Pi

Quatro anos após a chegada da versão anterior, a Raspberyy Pi Foundation anunciou o lançamento do Raspberry Pi 5. Novo computador em única PCB atualiza praticamente todos os componentes do antecessor, com destaque para a interface PCIe 2.0, compatível com adaptadores para SSDs NVMe de alta velocidade.

Um dos maiores problemas do Raspberry Pi 4 foi a capacidade da fundação em abastecer o mercado com o produto. Por conta da pandemia, a produção dos Raspberry Pi 4 foi afetada, fazendo com que clientes em potencial buscassem soluções em sistemas de outras empresas.

Continua após a publicidade

Pronta para abastecer o mercado

Segundo a fundação, as questões envolvendo a produção dos novos Raspberry Pi 5 já foram contornadas e eles estão preparados para atender à demanda pelos micro-PCs. No entanto, por enquanto a empresa deve limitar compras antecipadas de lotes muito grandes até o final de 2023, priorizando vendas individuais.

Além disso, a Raspberry Pi Foundation pretende realizar algumas promoções com a The MagPi e HackSpace, garantindo preferência para encomendas dos assinantes dessas publicações.

Continua após a publicidade

Os novos Raspberry Pi 5 estão listados por US$ 60 na configuração de 4GB de RAM e US$ 80 para a versão com 8GB. Esses preços são aproximadamente US$ 5 mais caros do que as respectivas configurações do RPi em revendedores oficiais.

Configurações do Raspberry Pi 5

O Raspberry Pi 5 traz um chip completamente novo e melhorias em praticamente todas as especificações:

  • CPU Broadcom BCM2712 de quatro núcleos ARM Cortex-A76, frequência de 2,4 GHz e 512KB de cahe L2 por núcleo e 2MB de cache L3 (total)
  • GPU VideoCore VII com suporte a OpenGL ES 3.1 e Vulkan 1.2
  • Duas portas HDMI (4K @60Hz)
  • 4/8 GB LPDDR4X-4267 SDRAM
  • Wi-Fi 5 802.11ac
  • Bluetooth 5.0 (BLE)
  • Interface microSD de alta velocidade com suporte a SDR104
  • Duas portas USB 3.0 tipo A
  • Duas portas USB 2.0 tipo A
  • Uma porta Ethernet 1Gbps
  • Dois transcievers ópticos com 4 pistas de interface MIPI para câmera e display
  • Interface PCIe 2.0
  • Cabeçote GPIO padrão Raspberry Pi de 40 pinos
  • Relógio de tempo real
  • Botão para ligar/desligar
Continua após a publicidade

Entre os acessórios disponíveis, o principal destaque fica para os adaptadores para SSDs NVMe 2230 e 2242, previstos para serem lançados em 2024. Utilizando a nova interface PCIe 2.0, eles permitem instalar soluções de armazenamento de alta velocidade.

Naturalmente, todas essas melhorias trazem um consumo de energia mais alto. Segundo a Raspberry Pi Foundation, os novos micro-PCs consomem até 50% mais que os RPi 4.

Ainda assim, as fontes de 15W da geração anterior são suficientes para aplicações regulares, mas limitam a corrente downstream das portas USB para 600mA. Já para quem quiser ir além, sendo possível até realizar overclock nas CPUs Broadcomm, é possível adquirir a fonte de 27W, que está saindo por US$ 12.

Continua após a publicidade

Além de permitir criar soluções de baixo custo para sistemas, principalmente no campo de automações simples, os Raspberry Pi são plataformas bastante versáteis, servindo como porta de entrada para o ensino de programação, lógica de circuitos e eletrônica.