Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Radeon 760M | iGPU do Ryzen 8600G mostra melhorias em testes

Por| Editado por Jones Oliveira | 03 de Janeiro de 2024 às 14h05

Link copiado!

AMD
AMD
Tudo sobre AMD

Após o anúncio dos processadores para notebook Ryzen 8000, de codinome Hawk Point, um novo vazamento trouxe mais informações a respeito do vindouro Ryzen 5 8600G. A CPU com gráficos integrados deve fazer parte do portfólio de produtos para computadores de mesa de 2024 e chegaria com seis núcleos e a Radeon 760M como placa gráfica integrada, trazendo um desempenho melhorado na nova geração.

Os detalhes do novo processador foram encontrados na base de dados do Geekbench 6. A SKU foi testada em uma placa-mãe MSI X670E Ace, confirmando a permanência e compatibilidade com o soquete AM5 introduzido nos Ryzen 7000. Os seis núcleos trabalham na mesma arquitetura Zen 4, com 12 threads, frequência máxima de 4,9 Ghz e clock base na casa dos 4,3 Ghz. A iGPU é a Radeon 760M, já conhecida da geração anterior, contando com 8 CUs (Unidades Computacionais) a 2,8 Ghz na microarquitetura RDNA 3.

Nos testes, o Ryzen 8600G com a Radeon 760M alcançou 30.770 pontos em Vulkan e 24.842 pontos na API OpenCL. Em Vulkan, o valor é 13% superior ao combo 760M + Ryzen 5 7640HS e cerca de 2% inferior quando comparado a uma GTX 1650 de laptop. Comparando diretamente com a Arc Xe-LPG do Intel Core Ultra 7, vemos uma diferença de 6%, ainda pouco perceptível. 

Continua após a publicidade

Em OpenCL o cenário já é menos favorável para a dupla da AMD. A 760M fica 21% abaixo da Radeon 780M que acompanha o Ryzen 9 7940HS, e apresenta uma discrepância maior de 36% contra o Core Ultra 7 155H. Ainda assim, o salto geracional da iGPU com o Ryzen 7640HS para o Ryzen 8600G é de 20%.

Hawk Point chega forte em 2024

Mesmo que o desempenho em OpenCL tenha sido inferior, vale lembrar que esses são benchmarks preliminares de um produto ainda não lançado. O que importa é o desempenho geracional da Radeon 760M, que parece estar entre 13% e 20%, conforme mostram os testes. Embora a disputa do 8600G de desktop com o 7640HS de notebook não seja justa, esses são os processadores mais próximos que usam a mesma placa na microarquitetura RDNA 3.

A expectativa é que a geração Ryzen 8000G de computadores de mesa incorpore até oito núcleos, 16 threads e uma iGPU de 12 CUs com o Ryzen 7 8700G. O anúncio oficial de nova geração deve acontecer ainda no começo de janeiro, durante a conferência da AMD na CES 2024.

Fonte: Geekbench