Qual é a diferença entre os padrões a, b, g e n dos roteadores wireless?

Quando vamos comprar um roteador wireless encontramos vários modelos com diferenças no formato, sinal de alcançe e...letras! Alguns modelos são capazes de estabelecer conexões b, g e n, outros apenas b e g. Outros ainda, mais específicos, são capazes de estabelecer conexões a, b, g e n. Mas qual será a influência dessas letras na qualidade da nossa conexão sem fio?

Todas essas letras se referem a especificações desenvolvidas pelo IEEE, uma instituição nacional que estabelece padrões que os fabricantes adotam ao desenvolver seus equipamentos. Dessa forma, se o usuário possui um laptop com Wifi tipo "g", ele é capaz de se conectar a roteadores tipo "g" tanto em casa quanto na China ou Estados Unidos.

O padrão "g" é a abreviação de IEEE 802.11g, onde a numeração 802.11 engloba todas as especificações que serão utilizadas nas redes sem fio, e cada letra se refere a uma forma de como essa rede trabalha, em que frequência, velocidade e outros parâmetros. Conheça abaixo os mais comuns:

  • Padrão "a": introduzido ao público em 1999, fornecendo uma velocidade máxima de 54 Mbits/s com frequência de 5 GHz, 64 pontos de acesso simultâneos e alcance máximo de 150 metros.
  • Padrão "b": também de 1999, oferecia um alcance máximo de 150 metros e velocidade máxima de 11 Mbits/s com frequência de 2,4 GHz e até 32 pontos simultâneos.
  • Padrão "g": atualização do padrão "b" para que as redes pudessem trabalhar a 54 Mbits/s também a 2,4 GHz, mas mantendo o mesmo alcance. Ainda muito comum nos dias de hoje por fornecer capacidade o suficiente para a maioria dos planos de internet contratados.
  • Padrão "n": padrão relativamente novo, suportando até 300 Mbps e compatível com os dois padrões anteriores.
Roteador sem fio com antena interna

Muitos usuários confundem o padrão utilizado pelo roteador com a qualidade do sinal, mas não há uma relação tão direta assim. O alcance máximo é determinado pelo hardware utilizado e pela qualidade da antena, onde um padrão "g" pode ter diferentes alcances dependendo do equipamento utilizado. Por isso encontramos tantos modelos diferentes de roteadores com preços tão distintos, com diferentes tamanhos e quantidades de antena, mesmo que elas estejam dentro do roteador.