Publicidade

4 placas de vídeo para evitar em 2024

Por| Editado por Jones Oliveira | 27 de Janeiro de 2024 às 18h00

Link copiado!

Erick Mockaitis/Canaltech
Erick Mockaitis/Canaltech

Comprar uma placa de vídeo é o sonho de todo PC gamer. No entanto, nem sempre comprar uma GPU vale a pena, principalmente porque o mercado continua cheio de produtos que certamente não valem o investimento. Pensando nisso, o Canaltech listou 4 placas de vídeo para você evitar em 2024.

Todavia, isso não significa que as GPUs citadas neste texto sejam produtos ruins. Algumas deles já valeram muito a pena no passado, mas hoje não fazem sentido na lógica dos games e aplicações profissionais. 

1. GeForce GTX 1650

Continua após a publicidade

Antes de seguir para as placas de vídeo mais recentes, é preciso tirar o elefante branco da sala. Em 2024, é impossível recomendar a GeForce GTX 1650 como uma placa de vídeo viável para jogar no PC. Lançada no início de 2019, esta placa simplesmente sofre para rodar qualquer título em Full HD e qualidade baixa.

A única forma de a GTX 1650 aguentar lançamentos mais recentes é reduzir a resolução nativa para 900p ou 720p. Outra solução é ativar tecnologias como o FidelityFX Super Resolution para tentar amenizar o problema ao realizar o upscaling de imagem. De fato, isso até é possível em certos games e consegue elevar a taxa de quadros para algo pouco superior aos 30 FPS, mas a qualidade dos jogos pode ficar totalmente comprometida. 

O principal problema também reverbera no preço. Com valor próximo aos R$ 900, é extremamente recomendado que você passe longe dessa placa. A falta de performance, o preço alto e a escassez de tecnologias recentes farão com que você esteja jogando seu dinheiro no lixo. Isso sem falar nos 4 GB de memória VRAM, capacidade inadequada para rodar jogos atuais.

Continua após a publicidade

A GTX 1650 cumpriu seu propósito de ser uma placa boa e barata para muitas pessoas com pouco orçamento durante muitos anos, mas já está na hora de deixar essa GPU descansar.

2. GeForce RTX 3050

A GeForce RTX 3050 é uma placa que surgiu com uma proposta de custo-benefício muito interessante, mas não engrenou no mercado por conta do seu fraco desempenho frente às rivais. Para se ter uma noção, essa GPU consegue ter performance inferior a de uma RTX 2060 — que também não recomendamos atualmente.

Para ser justo, a placa possui certa performance para rodar os games atuais em 1080p em qualidade média entre 40 a 50 FPS. No entanto, boa parte disso só é possível ao ativar o DLSS em modo qualidade para gerar mais estabilidade na jogatina. Isso significa que o seu gameplay pode ficar bem feio em alguns momentos.

Continua após a publicidade

Uma alternativa é jogar com tudo em qualidade baixa a 60 FPS ou fazer um misto de configurações no médio com a taxa de quadros travada a 30 FPS.

Apesar de haver essas formas de contornar o desempenho inferior, a RTX 3050 também não faz mais sentido no mercado brasileiro. Ela é uma placa que você deve evitar por conta dos preços inflados, geralmente em torno dos R$ 1.300. Por esse valor é muito mais vantajoso investir em uma Radeon RX 6600, que aparece por preços mais baixos e entrega bem mais desempenho. 

3. GeForce RTX 3060

Continua após a publicidade

A GeForce RTX 3060 foi uma placa guerreira e bem competente desde seu lançamento em 2021. De lá para cá, o modelo se posicionou como uma boa opção custo-benefício para rodar tudo em qualidade alta e Full HD, ganhando até uma considerável redução de preço nos últimos tempos. 

No entanto, o tempo passou e, para 2024, esta GPU parece não valer mais a pena. Embora a 3060 ainda aguente todos os games com qualidade bem satisfatória, o modelo custa o mesmo valor de outras placas, como a Radeon RX 7600 e a RTX 4060. É fato que o salto geracional entre a RTX 3060 e a RTX 4060 não é muito grande, como mostrado em um comparativo do Canaltech, mas entre pagar R$ 1.800 em um produto antigo e um produto novo, faz mais sentido pagar no mais novo.

É importante reiterar que a RTX 3060 nem chega a ser uma placa de vídeo ruim, mas é um daqueles modelos que simplesmente não faz mais sentido para comprar por valores assim em 2024. 

Continua após a publicidade

4. Radeon RX 6400 e RX 6500 XT

Por fim, nossa lista de placas de vídeo para evitar em 2024 absolutamente não recomenda as RX 6400 e RX 6500 XT. Decidimos falar desses dois modelos em dose dupla para poupar o seu precioso tempo de leitura e informar o quão tenebrosas são essas placas. 

A primeira razão para você evitar essas placas é o desempenho totalmente duvidoso. As GPUs conseguem ser piores que a GTX 1650 — que já não é boa. Além disso, essas placas são limitadas a operar com apenas quatro pistas PCIe, que consequentemente gera a falta de desempenho e compatibilidade com peças mais antigas, como processadores Intel abaixo da 11ª geração. 

Continua após a publicidade

Aliás, essas placas não têm suporte ao codificador H.264 e HEVC, ou seja, não é possível editar vídeos nem fazer gravações e livestreams com aceleração da GPU. A memória VRAM também possui apenas 4 GB, inviabilizando o uso em certos cenários. O simples fato de essas placas performarem pior que uma GTX 1650 e custarem basicamente o mesmo preço já é o principal argumento para você fechar sua carteira e pesquisar outros modelos.