Intel "vaza" próximas gerações de CPU e nomes das GPUs Arc em driver

Intel "vaza" próximas gerações de CPU e nomes das GPUs Arc em driver

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 17 de Dezembro de 2021 às 11h20
Divulgação/Intel

Em drivers destinados aos NUCs da empresa publicados nesta semana, a Intel acidentalmente confirmou uma série de informações sobre as próximas gerações dos processadores Core, além do sistema de nomenclatura que as GPUs Arc devem utilizar — curiosamente, as informações batem com os rumores divulgados nos últimos meses.

Intel "vaza" próximas gerações de CPU

A descoberta foi feita pelo leaker @KOMACHI_ENSAKA ao investigar o driver 30.0.101.9999, destinado aos mini PCs de 11ª geração da Intel. Múltiplas seções do código contém referências às próximas gerações dos processadores, similares à sigla utilizada pela companhia para identificar a família Alder Lake-S (ADL-S).

Estão inclusas as linhas Raptor Lake-S (RPL-S) de 13ª geração e Meteor Lake (MTL) de 14ª geração, já confirmadas pela Intel, além de Arrow Lake (ARL) e Lunar Lake (LNL), até então vistas apenas em rumores. Não há detalhes sobre as especificações das CPUs, mas há menções muito interessantes sobre as GPUs integradas que cada família deve utilizar, com destaque para os chips Meteor Lake e Arrow Lake.

Quando anunciou a mudança de nomenclatura de suas litografias, a gigante de Santa Clara revelou que quer fazer da 14ª geração Meteor Lake “um ponto de virada” para suas soluções, ao empregar um design de múltiplos chips (MCM) pela primeira vez nas CPUs para consumidores.

O driver possui menções às linhas Raptor Lake, Meteor Lake, Arrow Lake e Lunar Lake, reforçando informações divulgadas por rumores (Imagem: VideoCardz)

Isso permitirá que a empresa adote soluções gráficas mais encorpadas nos processadores, que no caso atingirão as 192 Unidades de Execução (EUs), o dobro das 96 EUs utilizadas atualmente, ponto reforçado pelo novo driver.

Aparentemente, com o design MCM refinado, a 15ª geração Arrow Lake deve levar as iGPUs a um novo patamar ao duplicar a quantidade de EUs novamente, atingindo impressionantes 384 EUs e ganhando o nome "Xe-LPG Plus". Somando-se as melhorias arquitetônicas que devem ser feitas, é provável que os gráficos atinjam poder de desempenho equivalente ao de placas de vídeo dedicadas, ainda que seja necessário aguardar para vermos.

Drivers confirmam nomes das GPUs gamer Arc

Ainda nesse driver, outro leaker renomado, @TUM_APISAK, encontrou linhas que reforçam o sistema de nomenclatura que a Intel deve utilizar na família Arc Alchemist de placas de vídeo gamer, já visto em outros documentos vazados. As GPUs utilizarão a letra referente à arquitetura no início (A de Alchemist, B de Battlemage) acompanhados de números que representam o nível de desempenho que a solução oferecerá.

Cinco modelos foram detectados: a Arc A380 e a Arc A350, possivelmente destinadas à desktops; a Arc A370M e a Arc A350M, provavelmente preparadas para noteboooks, considerando a presença da letra M; e a Iris Xe A200M, uma possível sucessora para a modesta Iris Xe MAX, e rival para chips gráficos simples como a Nvidia GeForce MX450.

Outro ponto interessante é a presença da sigla ELG que, segundo análise do informante, refere-se a Elasti, codinome utilizado internamente pela Intel para a segunda geração das GPUs Intel Arc, publicamente conhecidas como Battlemage e cujo chip deve ser chamado DG3. Também avaliando os códigos do driver, um terceiro leaker, _rogame, descobriu alguns detalhes da DG3 e das GPUs integradas das novas gerações de processadores.

A Intel deve turbinar o desempenho das iGPUs a partir dos chips Meteor Lake, quando empregará a microarquitetura Xe-HPG, mesma da família Arc de gráficos dedicados. Mais um salto deve ser realizado com a estreia da linha Lunar Lake, que empregará então a microarquitetura seguinte, Xe²-HPG, mesma das placas de vídeo Battlemage.

Fonte: WCCFTech, VideoCardz (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.