Intel anuncia novos Xeon E3-1500 v5 voltados para a entrega de vídeos online

Por Sérgio Oliveira | 31 de Maio de 2016 às 09h56

Nesta terça-feira (31), a Intel anunciou, na Computex 2016, os novos processadores Xeon E3-1500 v5 voltados para acelerar as cargas de trabalho de vídeo e multimídia em provedores de serviços. A nova linha é baseada na família Skylake e leva em consideração o crescimento exponencial da demanda por serviços de streaming e a necessidade cada vez maior de processamento de vídeos 4K on-the-fly.

Para isso, os processadores contam com novos recursos como DRAM embutida, chip gráfico Iris Pro e o Quick Sync, um componente especializado em acelerar os processos de transcodificação de vídeo.

Ao todo, são cinco novos processadores lançados sob o nome E3-1500 v5, sendo um deles de entrada, três intermediários e um top de linha. Entre as características em comum, todos virão soldados diretamente na placa-mãe (ainda não há planos para lançar versões em soquete); têm chip gráfico Iris Pro P580 (com exceção do E3-1558L, que vem com um P550), que implementa a tecnologia de processamento gráfico de nona geração da Intel e permite até 72 unidades de execução; e DRAM embutida de 128 MB.

Já em relação às diferenças, os modelos se distinguem basicamente pela velocidade de clock. De acordo com a Intel, o modelo E3-1558L v5 de 35W, o top de linha, tem desempenho 26% superior em relação às gerações Broadwell anteriores de 65W. Nos modelos intermediários, o melhor deles é capaz de transcodificar até dois vídeos 4K a 30 fps simultaneamente e em tempo real sem qualquer engasgo graças ao Quick Sync, que oferece suporte a HEVC - se os vídeos forem Full HD (1080p), o processador é capaz de lidar com até 15 transcodificações simultâneas sem qualquer problema.

Família Intel Xeon E3-1500 v5
E3-1585 v5 E3-1585L v5 E3-1578L v5 E3-1565L v5 E3-1558L v5
TDP 65W 45W 45W 45W 35W
Núcleos 4 4 4 4 4
Frequência de base 3,5 GHz 3 GHz 2 GHz 2,5 GHz 1,9 GHz
Frequência máxima 3,9 GHz 3,7 GHz 3,4 GHz 3,5 GHz 3,3 GHz
Gráficos integrados Iris Pro P580 Iris Pro P580 Iris Pro P580 Iris Pro P580 Iris Pro P550
Unidades de execução 72 72 72 72 48
eDRAM 128 MB 128 MB 128 MB 128 MB 128 MB
Frequência da GPU 350 MHz 350 MHz 700 MHz 350 MHz 650 MHz
Frequência máxima da GPU 1.150 MHz 1.150 MHz 1.000 MHz 1.050 MHz 1.000 MHz
Encapsulamento BGA BGA BGA BGA BGA

Embora a nova família de Xeons não seja exatamente a mais poderosa da Intel, ela evidencia o foco da fabricante em ambientes de alta densidade otimizados para a entrega de vídeos a baixos custos. Isso significa que, com os novos processadores, empresas que queiram montar infraestruturas adequadas com foco em webcasts, videoconferências, transmissão digital, cloud gaming, transcodificação de vídeo e até estações remotas de entrega de vídeo poderão fazê-lo sem ter de investir tanto quanto se investiria ao optar por processadores da linha E5-1600 v4, E7-4600 v3 ou E7-8800 v3, que fazem basicamente a mesma coisa, mas chegam a custar até US$ 7.174 cada.

Ademais, o anúncio desta terça-feira traz o Iris Pro e a tecnologia de DRAM embutida diretamente na CPU para mais perto do usuário final, já que a ideia é oferecer um substituto de baixo custo aos E3-1200 v5, que trazem consigo gráficos Intel HD 520 e custam entre US$ 213 e US$ 612.

Vale ressaltar, entretanto, que ainda não foram divulgados preços nem quando exatamente os novos Xeon chegarão ao mercado.

Com informações de Anandtech e The Inquirer