Publicidade

Intel abre nova fábrica Fab 9 após investir US$ 3,5 bilhões

Por| Editado por Jones Oliveira | 25 de Janeiro de 2024 às 13h40

Link copiado!

Intel
Intel
Tudo sobre Intel

Na última quarta-feira (24), a Intel inaugurou sua nova planta de fundição de silício com tecnologias de empacotamento 3D avançado, Intel Foveros. A planta Fab 9, no Novo México, representa um investimento de US$ 3,5 bilhões por parte da Intel, em movimento para ganhar ainda mais espaço no segmento de fornecimento de wafers de silício.

A Intel vem investindo pesado, não mais para ganhar autonomia em relação às fundições asiáticas, mas para se tornar fornecedora direta. Em setembro de 2023, a empresa fechou um acordo com a ARM para produzir chips mobile com litografia Intel 18A em 1,8 nm; para isso, ampliar suas fundições com tecnologia de empacotamento avançado é essencial para garantir vantagem competitiva no mercado.

“Hoje, nós celebramos a inauguração da primeira operação de semicondutores Intel de alto volume, e a única fábrica dos EUA a produzir soluções avançadas de empacotamento em escala.”, afirmou Keyvan Esfarjani, Vice-Presidente Executivo e chefe de operações globais da Intel
Continua após a publicidade

Expandindo cadeia de fornecimento

Além da Fab 9, a Intel ainda conta com a Fab 11x, também no Novo México, criando uma rede sólida de fornecimento de chips para clientes internos, dos EUA, além da América Latina, quinto maior mercado global da empresa. Com cada vez mais empresas adotando padrão com chiplets para contornar as limitações crescentes na miniaturização de transistores, é urgente expandir a capacidade de fabricação com tecnologia Intel Foveros.

O sistema de empacotamento 3D permite empilhar chips com comunicação através do silício, no lugar de apenas criar disposições de módulos lado-a-lado. Esse tipo de tecnologia tem potencial para ser um ponto de virada no aumento da densidade de transistores e aproveitamento da PCB, além de, teoricamente, possibilitar um maior rendimento dos wafers de 2 nm ou menores.

Continua após a publicidade

Segundo a Intel, o investimento de US$ 3,5 bilhões em Rio Rancho criou centenas de empregos de alta especialização e 3 mil postos na área de construção civil apenas na cidade, além de outras 3,5 mil vagas no restante do estado.