Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Gigabyte reforça existência de RTX 2060 de 12 GB em novos registros

Por| Editado por Wallace Moté | 17 de Novembro de 2021 às 09h10

Link copiado!

Reprodução/Nvidia
Reprodução/Nvidia
Tudo sobre Nvidia

Diversos rumores já indicaram que, antes de lançar sua nova geração RTX 4000, a Nvidia deve trazer ao mercado versões reformuladas de algumas das placas GeForce já lançadas. Um dos destaques entre a suposta linha atualizada seria a variante repaginada da RTX 2060, agora com maior capacidade de memória — a solução é uma opção atraente para o segmento de entrada, e poderia ganhar novo fôlego com o upgrade de VRAM.

A existência dessa nova versão acaba de ser reforçada pela Gigabyte, que registrou na Europa o que podem ser quatro modelos da RTX 2060 repaginada, conforme descobriu o leaker @momomo_us.

Gigabyte registra 4 modelos de nova RTX 2060 12 GB

Continua após a publicidade

Os cadastros foram realizados na Comissão Econômica da Eurásia (EEC) e referem-se às placas com os seguintes códigos:

  • GV-N2060D6-12GD
  • GV-N2060OC-12GD
  • GV-N2060WF2-12GD
  • GV-N2060WF2OC-12GD

Os números seguem os moldes dos lançamentos anteriores da marca e, assim sendo, podemos deduzir que "GV" faz referência à Gigabyte, "N2060" ao modelo RTX 2060, acompanhados dos sufixos D6, apontando para o possível modelo base, OC, para indicar overclocking, e WF2, indicando a presença do tradicional sistema de refrigeração WINDFORCE da Gigabyte, provavelmente munido de duas ventoinhas (2X).

Por fim, o "12GD" reforça que todas essas variantes chegarão ao mercado equipadas com 12 GB de memória, o dobro do oferecido pela RTX 2060 anunciada no passado. Vale lembrar que um dos pontos fracos já criticados na época do lançamento original era a baixa capacidade de RAM — o upgrade deve tornar a solução um pouco mais competitiva para 2022, apesar da idade do chip.

Placa deve estrear já no início de dezembro

Segundo os rumores, a nova Nvidia GeForce RTX 2060 com 12 GB de VRAM pode chegar ao mercado sem muito alarde, já no dia 7 de dezembro. Além de competir com as soluções mais básicas da AMD, uma das principais missões da novidade seria combater a escassez e atender a alta demanda por GPUs potentes e acessíveis.

Continua após a publicidade

Especula-se ainda que o preço real de vendas, diferente do preço sugerido, deve ser estabelecido em US$ 300 (~R$ 1.650), o que a colocaria em uma posição de grande vantagem em comparação à Radeon RX 6600 e até mesmo frente à RTX 3060, cujos preços reais superam com folga o sugerido.

Caso a placa também seja disponibilizada no Brasil, será interessante ver como isso se traduzirá para valores em reais, especialmente quando consideramos que a RTX 2060 de 6 GB é encontrada por preços praticamente idênticos ao da RTX 3060 por aqui.

Fonte: @momomo_usWCCFTech, NotebookCheck