O que é largura de banda?

Por Redação

Largura de banda, ou bandwidth em inglês, é o conceito que determina a medida da capacidade de transmissão, em especial de conexão ou rede. Além de ser um conceito utilizado na informática, a largura de banda também é usada em processamento de sinais, espectroscopia, eletrônica e em outras áreas.

Na conexão ou rede, a largura de banda determina a velocidade que os dados trafegam através de uma rede específica. Ou seja, quanto maior a largura de banda, maior será a velocidade da conexão, visto que por ela passará mais dados ao mesmo tempo.

A unidade de medida da largura de banda é bits e não bytes. Ela indica a capacidade de um determinado meio de transmissão em uma determinada unidade de tempo (8 bits = 1 byte). Praticamente todas as medidas de bandwidth são realizadas em bits por segundo, sendo, em alguns casos, relacionada à faixa de frequências.

Em um site, a largura de banda indica quantos visitantes poderão visualizar a página ao mesmo tempo. Assim, grandes portais necessariamente precisam de um grande volume de banda para suportar o tráfego sem que o servidor fique abarrotado. Também há uma relação com a velocidade com que o site é visto pelos usuários.

Existem problemas relacionados à largura de banda que podem ocorrer de duas maneiras. Na primeira forma, o canal ou central de dados podem representar um recurso compartilhado. Sendo assim, os altos níveis de contenção do canal diminuem a largura de banda que fica disponível para os dispositivos no canal. Por exemplo, um canal SCSI com discos altamente ativos pode ficar saturado. Com isso, pouca banda fica disponível para outros dispositivos que estejam conectados ao canal.

O segundo problema está relacionado ao canal ou central de dados que possuem um recurso dedicado com um número fixo de dispositivos anexos. Com essa arquitetura, as características elétricas acabam por limitar a banda disponível.

Geralmente, há três métodos para solucionar esses problemas: a distribuição de carga, a redução de carga e o aumento da largura de banda. A primeira significa distribuir as ações do canal de forma mais balanceada. A segunda trata-se de determinar se existe algum elemento causando sobrecarga em um canal específico para reduzir a sua carga. A terceira refere-se simplesmente a aumentar a capacidade de banda. Esta última, no entanto, tende a ser a mais cara das soluções.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.