Documento da Apple revela janelas de lançamentos com modem 5G da Qualcomm

Por Ramon de Souza | 21 de Outubro de 2020 às 22h20
Reprodução/Drew Coffman (Unsplash)
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Talvez você já tenha se esquecido, mas, durante anos, a Apple e a Qualcomm travaram uma batalha judicial ferrenha pelo uso de tecnologias de captação para redes de dados móveis. No fim, o embate acabou em abril de 2019, quando as companhias chegaram a um acordo “amigável” — a Maçã pagaria uma quantia misteriosa de dinheiro à fabricante de semicondutores e assinaria um contrato de uso de seus chips por pelo menos seis anos.

Embora tal fato tenha passado batido durante o anúncio da nova família de smartphones, os novos iPhone 12 e suas derivações já são fruto desse acordo — a linha inteira utiliza o modem 5G Snapdragon X55. Agora, como bem notado por alguns internautas, o documento que descreve o fechamento da disputa judicial serve para analisarmos um pouco mais o roadmap da Apple para o futuro.

Segundo o acordo, a companhia de Tim Cook deve usar o mais moderno Snapdragon X60 entre junho de 2021 e maio de 2022, possivelmente na versão 13 do iPhone (ou, porque não, em sua próxima geração de MacBooks). Também ficou definido que os modelos X65 e X70 — que ainda sequer foram anunciados pela Qualcomm — serão utilizados nos anos subsequentes, garantindo assim uma parceria até 2024.

Embora a adição do X55 no iPhone 12 já seja uma grata surpresa, vale observar que o Snapdragon X60 — que é fabricado no processo de 5 nanômetros — é muito mais eficiente, sendo menor e tendo uma autonomia energética superior. Porém, visto que a própria Qualcomm prometeu que os primeiros smartphones com o modem só chegariam em 2021, o roadmap da Maçã parece estar de acordo com o planejado entre ambas as marcas.

Fonte: MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.