SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

APUs AMD Ryzen 8000 chegarão no fim de 2024, reforça vazamento

Por| Editado por Jones Oliveira | 18 de Julho de 2023 às 11h45

Link copiado!

Reprodução: AMD/Montagem: Felipe Vidal/Canaltech
Reprodução: AMD/Montagem: Felipe Vidal/Canaltech
Tudo sobre AMD

A AMD já está preparando o lançamento da nova geração de APUs Ryzen 8000 para o segundo semestre de 2024, segundo um vazamento no banco de dados da companhia. Com codinome Strix Point, duas etiquetas de produtos foram encontradas em um compilador LLVM e devem chegar com uma revisão da microarquitetura RDNA 3.0.

As SKUs encontradas têm nome GFX 1150 e GFX 1551. A primeira, que já havia vazado em rumores anteriores, deve ter CPU de 12 núcleos e TDP (Thermal Design Power) de 54W; a segunda pode chegar aos notebooks com 16 núcleos de processamento e consumo de até 120W. A GFX 1551 parece ser um modelo mais distinto da linha e é chamada internamente de Strix Halo ou Starlak.

Continua após a publicidade

Assim, fica subentendido que a GFX 1150 deve ser uma APU com prefixo U, indicando um chip de baixa tensão. Já a 1151 ficaria com a terminação H ou HX, voltada para atividades mais intensas e que explica o consumo energético mais acentuado. Algumas especulações sugerem que esse chip seria um grande rival para os futuros SoC híbridos da Apple.

APU Starlak pode ter 40 unidades computacionais

Os modelos no banco de dados não possuem informações mais detalhadas, mas são um forte indicativo de que a AMD trabalha ativamente no desenvolvimento desses produtos, como já foi confirmado em uma apresentação da empresa. Os slides mostram planos para lançar os Ryzen 8000 com arquitetura Zen 5 e Zen 5C a partir de 2024.

O que se sabe sobre as Strix Point é que elas vão implementar uma versão revisada do RDNA 3.0, chamada informalmente de RDNA 3.5. Essa tecnologia subiria o número de Unidades Computacionais para 16 nas APUs, com exceção do modelo Strix Halo/Starlak, que deve ter até 40 dessas estruturas.

Continua após a publicidade

Esse modelo de APU teria um design diferenciado, com produção feita em chiplets e uma interface de IA melhorada. A fabricação será feita pela TSMC com litografia de 4 nanômetros.

Por enquanto, a APUs da família Strix Point só chegarão aos notebooks ao final do próximo ano, mas a AMD também pensa em lançar esses modelos para computadores de mesa. Caso isso se confirme, as placas de vídeo dedicadas de entrada poderão conhecer competidores de peso.

Fonte: Phoronix