10 ferramentas para manter a produtividade no trabalho em home office

Por André Lourenti Magalhães | 19 de Março de 2020 às 11h25

O trabalho remoto é cada vez mais comum e tem sido a alternativa que muitos encontraram para a situação econômica em consequência a pandemia do novo coronavírus.

Entre os benefícios do home office está a flexibilidade de horário de trabalho, mais tempo com a família, viagens, menos stress de deslocamento e, em alguns casos, da rotina corporativa. Algumas características específicas também são melhoradas com esse tipo de trabalho, como a disciplina, motivação e até a comunicação devido à necessidade de diálogo claro e objetivo, muitas vezes escrito, para fazer com que o trabalho renda.

Saiba mais sobre o novo coronavírus no Canaltech

Para te ajudar a ser mais produtivo em casa, elaboramos essa seleção com 10 serviços que irão tornar seu home office, durante a quarentena do coronavírus, mais produtivo.

1 - Asana

Esta é uma ferramenta de comunicação em grupo baseado em nuvem que evita os montes de e-mails trocados. Além de monitorar conversas e projetos, oferece serviços de gestão: como a divisão de tarefas, os prazos totais e os níveis de prioridade de cada uma delas.

Asana reúne todas as prioridades de um grupo em uma só plataforma (Foto: Divulgação/Asana)

É possível experimentar a ferramenta gratuitamente, com a possibilidade de assinar os serviços premium.

Dustin Moskowitz, cofundador do Asana, que também participou da fundação do Facebook, percebeu que a plataforma estava tomando forma quando todos os profissionais da empresa a estavam utilizando. "Foi muito parecido com o momento que saí de Harvard para me dedicar ao Facebook, quando notei que quatro de cinco pessoas estavam na rede social. Por aqui, por toda mesa que eu passava eu via a ferramenta na tela", conta.

2 - When I Work

A ferramenta se destaca pelo agendamento de tarefas e monitoramento de horas trabalhadas dos funcionários. É possível dividir os turnos e fazer o controle de forma transparente e prática. Na versão mobile, os empregados podem bater o ponto de onde estiverem.

When I Work atua no gerenciamento das jornadas de trabalho (Foto: Divulgação/When I Work)

Os criadores esperam expandir a plataforma com mais serviços de gerenciamento. "Vamos olhar para tudo o que podemos fazer e o que companhias com as quais trabalhamos podem fazer no sentido de gerenciamento e treinamento. Podemos transformar a maneira com a qual trabalham e interagem com tecnologia", explica o CTO da When I Work Dan Olfet.

3 - IDoneThis

A plataforma IDoneThis funciona como um gestor de relatórios de atividades executadas. Ao final do dia, ele reúne tudo o que foi feito em um e-mail com o trabalho da equipe. Com os relatórios, é possível analisar o que foi feito no dia e o que ainda precisa ser feito, incluindo motivos de atrasos e imprevistos.

IDoneThis compila todas as atividades do dia e auxilia na organização (Foto: Divulgação/IDoneThis)

Empresas como Shopify, Mozilla, TripAdvisor e Twitter utilizam a ferramenta. O serviço é pago, mas novos usuários conseguem ter uma versão teste de três dias.

4 – Trello

O Trello é uma popular plataforma de gerenciamento e organizações de tarefas, individuais em equipe. Seu funcionamento básico consiste em quadros, incluindo objetivos, que são distribuídos entre colunas. Possui muitas opções de customização e pode se adaptar conforme as demandas de cada usuário.

Atividades conseguem ser organizadas e planejadas de forma simples com o Trello (Foto: Reprodução/André Magalhães)

Uma das formas mais comuns de organização do Trello é através de etapas e prazos. A ferramenta é gratuita e permite incluir informações sobre prazo de entrega, objetivos e qual pessoa está responsável por cada uma das partes do projeto.

5 - Buffer

Voltado principalmente para as áreas de comunicação e marketing, o Buffer permite gerenciamento de redes sociais. Uma vantagem é permitir que as publicações sejam programadas com antecedência.

Buffer é uma opção para quem precisa gerenciar redes sociais (Foto: Divulgação/Buffer)

A plataforma ainda permite aos usuários analisar as métricas de cada rede social e reúne todas as caixas de mensagens em apenas um lugar, facilitando as respostas e o atendimento a possíveis clientes. É um serviço pago, porém possui um período de testes com duração de 14 dias.

6 – Cisco WebEx Meetings

O WebEx, da Cisco, é uma ferramenta voltada para videoconferências de reuniões e encontros virtuais de equipes. Além das chamadas em áudio e vídeo, a ferramenta permite compartilhamento de tela e arquivos e ainda possibilita entrada em reuniões sem precisar de um aplicativo baixado.

WebEx facilita reuniões através de chamadas de vídeo e áudio (Foto: Divulgação/Cisco)

A plataforma ainda possui integração com outros aplicativos, como o Slack e o Google Calendar. Há uma versão paga, porém a versão gratuita atualmente comporta reuniões com até 100 participantes, vídeo em HD, sala pessoal e compartilhamento de tela.

7 - Slack

O Slack é voltado para a comunicação empresarial sem a cara de reuniões formais, com inspiração em um escritório virtual. Ele permite conversas entre duas pessoas ou em grupo, além de permitir janelas privadas entre membros de um mesmo grupo.

Esta é uma boa plataforma para trabalhadores remotos que sentem falta da interação com colegas, sem deixar a produtividade diminuir.

Slack transforma o ambiente de trabalho no meio digital e tem integrações com outras plataformas (Foto: Reprodução/André Magalhães)

8 - Dropbox

Extremamente popular, o Dropbox permite o compartilhamento de arquivos em nuvem quando o e-mail não é suficiente. O compartilhamento de pastas permite que arquivos sejam sincronizados e trabalhados em colaboração.

Dropbox é uma das principais opções de armazenamento em nuvem (Foto: Reprodução/André Magalhães)

A versão gratuita do Dropbox permite um limite de compartilhamento de até 2 GB, além de integração com computador e versões mobile. Há planos pagos com maior limite de armazenamento e planos empresariais.

9 – Dropbox Paper

O Dropbox Paper é um componente pertencente ao Dropbox, mas com uma diferente função. Como um editor de arquivos compartilhado, reúne ideias, rascunhos e apresentações de uma equipe.

Paper funciona como um bloco de notas compartilhado (Foto: Reprodução/André Magalhães)

É possível incluir arquivos de diferentes formatos e possui integrações com outras plataformas, como redes sociais. Além disso, permite comentários, anotações e edições em tempo real.

10 - LastPass

Com tantas senhas para contas em sites, nuvem e apps, esse serviço é muito bem-vindo. O LastPass armazena todas as credenciais em um único lugar, deixando-as acessíveis para toda a equipe. Algo muito útil para quem está começando em uma empresa.

Não perca nenhuma senha com o LastPass (Foto: Divulgação/LastPass)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.