Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Street Fighter 6 | Seis novidades do game que você precisa conhecer

Por| Editado por Jones Oliveira | 02 de Junho de 2023 às 16h35

Link copiado!

Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech
Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech

Street Fighter 6 é um dos grandes lançamentos deste mês de junho. O novo e grandioso título desenvolvido pela Capcom é também um dos mais ambiciosos de toda a franquia, chegando ao mercado com a responsabilidade de continuar crescendo sobre as bases sólidas dos anteriores enquanto adiciona novidades e elementos que o mantenham fresco para novas e antigas audiências.

E se há uma coisa que o novo título fez, definitivamente, foi inovar. Street Fighter 6 traz um dos maiores pacotes de conteúdo inicial já vistos em um game de luta, com diferentes opções e, principalmente, possibilidades para jogadores veteranos e recém-chegados, que mais uma vez dividirão os combates lado a lado.

Pensando nisso, o Canaltech listou 6 novidades que você precisa conhecer em Street Fighter 6.

Continua após a publicidade

6. Novos controles

A maior adição de Street Fighter 6 é, sem dúvida, o novo conjunto de comandos. Além do esquema tradicional, disponível desde os primórdios da franquia, temos duas novas opções que trazem maior acessibilidade e possibilidade, principalmente, para as pessoas com deficiência ou jogadores novatos, que ainda estão se acostumando com as tecnicidades de um jogo de luta como este.

O estilo Dinâmico, por exemplo, minimiza o uso de botões e usa inteligência artificial para entregar movimentos de acordo com o andamento dos combates, permitindo que o jogador aprenda o ritmo ou conheça novos personagens. Já o Moderno, inspirado em Marvel Vs. Capcom, funciona de acordo com a graduação de potência dos ataques.

Em ambos, combos ficam mais fáceis, assim como o uso de ataques especiais e outros mecanismos ofensivos presentes em Street Fighter 6. Mais do que apenas simplificar o título, em algo que causou críticas de alguns jogadores, temos sistemas que ajudam o jogador a evoluir, partindo das premissas básicas e do conhecimento inicial do game até as ligas maiores.

5. Modo “carreira”

Continua após a publicidade

Outra grande novidade de Street Fighter 6 é o modo World Tour. Enquanto as tradicionais histórias dos personagens seguem presentes no Arcade, neste formato é o jogador quem assume o posto principal. A partir de um sistema profundo e completo de criação de personagens, iniciamos uma jornada que nos leva pela trama do game e, também, foca na criação de um lutador único.

Enquanto aprende com os mestres clássicos da luta de rua e entende a trama que levou muitos deles até aquele momento, o jogador também pode combinar golpes clássicos para montar seu próprio estilo. No World Tour de Street Fighter 6, o mundo é aberto, com uma Metro City que pode ser explorada livremente e permite, inclusive, arrumar confusão com qualquer um.

4. Realismo artístico

Continua após a publicidade

Em outra mudança que dividiu opiniões, mas que prova seu valor quando temos contato com ela, está o novo conjunto visual de Street Fighter 6. A opção de usar a RE Engine, motor gráfico por trás dos jogos recentes da série Resident Evil, foi polêmica pela adição de gráficos ultrarrealistas ao game, mas também possibilitou que a criatividade da Capcom voasse longe.

Grafismos e efeitos visuais se misturam a texturas de altíssima qualidade e elementos de cenário que escondem easter eggs e referências a outros títulos da franquia. É a engine, também, que possibilitou o já citado sistema de criação de personagens e também os novos visuais dos lutadores, amplamente reconhecíveis, mas totalmente renovados, como se espera de um novo capítulo.

Pequenos detalhes também aparecem em Street Fighter 6, como manchas de sangue, roupas rasgadas e outras marcas que a batalha deixa nos combatentes, enquanto o passado jamais é deixado de lado. Artes do legado da franquia e elementos antigos parecem conviver em harmonia com a modernidade em um dos títulos mais bonitos da franquia e também do gênero.

Continua após a publicidade

3. Sistema de Drive

Mais do que a busca pelo mais forte, Street Fighter 6 implementa uma nova forma de desferir ataques especiais e se defender da ofensiva inimiga. O chamado Drive System funciona a partir de uma barra sob o indicador de vida dos personagens, abrindo as portas para o uso de técnicas avançadas de golpes e defesa.

Por meio de sua administração, é possível executar parries perfeitos ou absorver o impacto de golpes do adversário, enquanto acumula energia para a execução de ataques especiais, chamados de Overdrive. Contra-ataques também aparecem entre os elementos de Street Fighter 6, que traz amplas opções estratégicas e avançadas que podem mudar o andamento das lutas.

Continua após a publicidade

2. Batalhas extremas

Caso tenha se cansado da tecnicidade e da porradaria convencional, também dá para apimentar as coisas neste modo especial. As batalhas extremas de Street Fighter 6 incluem objetivos ou modificadores especiais, que transformam o andamento das disputas e adicionam novidades que tornam as lutas online e offline mais interessantes.

Dá para trocar socos em meio a uma manada de touros, por exemplo, ou contar com Servbots diretamente da série Mega Man para auxiliar nas brigas. Drones podem deixar itens no cenário enquanto uma bola explosiva transforma os combates em um jogo de batata quente, e estes são apenas alguns dos exemplos disponíveis em Street Fighter 6.

Continua após a publicidade

1. Clássicos dos fliperamas

A ideia de que a Capcom não se esqueceu do passado transparece no Battle Hub, espécie de central dos combates online de Street Fighter 6. Ali, os jogadores não apenas podem se desafiar em combates como também compartilharem a boa e velha jogatina de fliperama, com uma seleção de clássicos disponível de forma rotativa.

Final Fight, Super Puzzle Fighter e o Street Fighter 2 original são apenas alguns exemplos dos títulos que podem aparecer nestes espaços, emulados em sua forma original dos arcades. As fichas, porém, são infinitas, assim como a nostalgia desse retorno a tempos mais simples, mas não menos divertidos.

Continua após a publicidade

Street Fighter 6 chega nesta sexta-feira, 2 de junho, ao PlayStation 4, PS5, Xbox Series X e Series S e PC.