Netflix pode incluir jogos no catálogo a partir de 2022

Netflix pode incluir jogos no catálogo a partir de 2022

Por Felipe Goldenboy | Editado por Bruna Penilhas | 15 de Julho de 2021 às 12h03
Divulgação / Netflix

Além de filmes, documentários e séries, a Netflix também quer incluir games no catálogo. Fontes próximas ao assunto informaram ao Bloomberg que o plano da empresa de streaming é disponibilizar jogos já em 2022, sem custo adicional aos assinantes da plataforma.

Quem deve liderar a nova empreitada é Mike Verdu, executivo com passagens pela Electronic Arts (EA) e pelo Facebook. Ele trabalhou no braço de jogos mobile da EA e no relacionamento com desenvolvedores de games para o headset de realidade virtual Oculus.

Verdu assumirá o cargo de vice-presidente de desenvolvimento de games, respondendo diretamente ao COO (diretor de produto), Greg Peters. Segundo a reportagem, o restante da equipe deve ser contratada ao longo dos próximos meses.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Essa não é a primeira vez que a Netflix flerta com os videogames. Em maio deste ano, o site The Information indicou que a empresa estava se aproximando de veteranos da indústria de jogos para investir nesse mercado. As fontes disseram que o objetivo seria criar um serviço de assinatura semelhante ao do Apple Arcade e do Google Stadia — o que não bate com as informações da Bloomberg de não haver custos extras ao consumidor.

Nos resta apenas esperar pelos próximos passos da gigante do streaming. Até agora, as produções da Netflix mais próximas às de um videogame são Black Mirror: Bandersnatch e Você Radical, cujas histórias tomam diferentes rumos a partir das escolhas do espectador, além de outras produções inspiradas em jogos, como o recente Resident Evil: No Escuro Absoluto. Também vale lembrar que, em um relatório de 2019, a Netflix chegou a citar o battle royale da Epic Games, Fortnite, como um de seus principais concorrentes.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.