God of War Ragnarök | O que sabemos sobre história, gameplay e mais

God of War Ragnarök | O que sabemos sobre história, gameplay e mais

Por Guilherme Sommadossi | Editado por Bruna Penilhas | 08 de Julho de 2022 às 15h40
Reprodução/PlayStation

Revelado em 2020, God of War Ragnarök será a sequência direta do jogo de 2018 e é um dos títulos mais aguardados dos próximos meses. Desenvolvido pela Santa Monica Studio e planejado para estrear no PlayStation 4 e PlayStation 5 no final de 2022, o game acompanhará o segundo e último capítulo da jornada de Kratos e Atreus na mitologia nórdica.

O novo game não será dirigido por Cory Barlog, que passou o Leviatã para Eric Williams comandar a aventura da dupla pelos Nove Reinos. Para deixar os fãs mais informados do que Mimir, o Canaltech separou tudo que já se sabe sobre o novo game. Confira detalhes sobre história, gameplay, trailers e muito mais a seguir.

Logo do novo jogo (Imagem: Reprodução/PlayStation)

Qual é a história de God of War Ragnarök?

A nova aventura de Kratos e Atreus, ambientada anos após o título de 2018, é uma tragédia premeditada. Como o próprio nome do game já adianta, o segundo jogo da nova saga trará o Ragnarok, o apocalipse da mitologia nórdica que leva ao fim dos tempos. Depois do pai e do filho causarem muita destruição por alguns dos Nove Reinos, eles deram início aos eventos que vão acabar com tudo, de Midgard a Asgard, e "recomeçar" o mundo.

No primeiro trailer do game, vemos que o longo e severo inverno dos ventos congelantes de Fimbulwinter já estão na Terra. Esse é o primeiro sinal do apocalipse nórdico, antes do embate de Thor, o Deus do Trovão, e a Serpente do Mundo.

Com tudo caminhando conforme as profecias, Kratos e Atreus não chegam a um consenso em como lidar com seus erros e, quem sabe, salvar o mundo da destruição. Porém, como já foi confirmado, a dupla encerra a aventura nórdica neste game. A questão que fica é: como os protagonistas passarão por isso?

(Imagem: Divulgação/Santa Monica Studio)

Personagens confirmados

Além da dupla de protagonistas, outros rostos antigos já estão com a presença garantida para o Ragnarök. Primeiro, Mimir, a cabeça falante mais sábia está confirmadíssima. De volta a cintura de Kratos, o Deus com certeza contará muitas histórias na nova aventura.

(Imagem: Divulgação/Santa Monica Studio)

Outra que volta, mas diferente do que conhecemos em 2018, é Freya. Com sede de vingança pela morte de seu filho Baldur, a deusa mãe será uma das grandes antagonistas do novo jogo. Como uma guerreira habilidosa e uma feiticeira poderosa, tê-la do outro lado poderá ser bem problemático.

Se os olhos são a janela da alma, Freya está borbulhando raiva (Imagem: Divulgação/Santa Monica Studio)

Junto com ela, temos Thor. A divindade portadora do martelo Mjölnir aparece no final do jogo anterior, mas sem mostrar grandes detalhes. Ele já está confirmado no game e com um visual nada parecido com o popularizado pela Marvel e Chris Hemsworth.

Imagem conceitual do Thor da Sony (esquerda) e ator Ryan Hurst, que interpretaráal o Deus do Trovão, em Sons of Anarchy (direita) (Imagens: Reprodução/Sony/FX)

A calorosa dupla de irmãos ferreiros Brok e Sindri também voltará (será que eles vão brigar novamente?) para criar armas e armaduras à altura do novo desafio apocalíptico.

Brok, a esq., e Sindri, a dir. (Imagem: Montagem/Divulgação/Santa Monica Studio)

Novos personagens

A primeira grande aparição, literalmente, é Týr. O Deus da Guerra nórdico é o que Kratos e Atreus esperam como um aliado para impedir o Ragnarok, já que um dos eventos é o conflito entre os humanos e gigantes. Depois de ser resgatado da prisão de Odin, resta saber se ele ajudará ou se será mais um para ser mandado para Valhalla.

Fato curioso é que Týr tem cerca de 2,59 metros de altura e Kratos tem cerca de 2,13m (Imagem: Divulgação/Santa Monica Studio)

Outra presença ilustre é a de Angrboda, a gigante e primeira esposa de Loki na mitologia. Sua revelação pode indicar um interesse romântico para Atreus e quem sabe dar dicas do futuro da franquia da Santa Monica.

(Imagem: Divulgação/Santa Monica Studio)

Mais um anão ferreiro que estrela o game é Durlin. Nos mitos nórdicos, ele é responsável por forjar a espada Tyrfing, arma usada por Týr. Será que podemos esperar mais um item poderoso além do Leviatã e das Lâminas do Caos?

(Imagem: Divulgação/Santa Monica Studio)

Quando o trailer de gameplay foi revelado ao mundo, em setembro de 2021, a Santa Monica divulgou também os atores e dubladores (em inglês) dos personagens. Além dos retornos de Christopher Judge como Kratos e Sunny Suljic como Atreus, outros artistas também repetem seus papéis e os novos chegam ao universo do game.

Novidades de gameplay

Com tudo que já foi divulgado até agora, podemos perceber que o jogo seguirá a base do primeiro, com combates intensos baseados em esquivas, defesas e ataques truculentos. O Leviatã e as Lâminas do Caos continuam em posse de Kratos.

No caso do machado, ele ainda pode ser arremessado contra os inimigos e usado em lutas corpo a corpo. Já as lâminas acorrentadas parecem ganhar uma nova função de movimentação, funcionando quase como um gancho para alcançar as criaturas mais rápido — algo que vimos muito nos jogos de PS2 e PS3.

O escudo em suas novas formas (Imagem: Montagem/Captura de Tela/Canaltech)

De acordo com o diretor de Ragnarök, Eric Williams, Kratos também terá novos escudos para usar: "Sim, existem diferentes escudos, e eles têm diferentes opções defensivas e habilidades, e a razão pela qual estamos fazendo isso é que realmente queremos dar a escolha expressiva [de personalização aos jogadores]".

De acordo com ele, os inimigos irão responder a cada situação de defesa ou ataque do jogador, com as novas mecânicas de combate existindo para "forçá-lo a [usar] essas diferentes situações em que você precisa usar elementos variados".

Já Atreus, além de atirar flechas, poderá conjurar espíritos de animais. No vídeo de gameplay, vemos o filho de Kratos convocando algo parecido com um íbex.

Atreus e uma espécie de Íbex (Imagem: Reprodução/Santa Monica Studio)

Trailers e vídeos oficiais divulgados

Trailer cinematográfico, de julho de 2022

Trailer de revelação no PlayStation Showcase, em setembro de 2021

Teaser de anúncio durante o PlayStation Showcase, em junho de 2020

Quando God of War Ragnarök será lançado?

Após muitas especulações sobre adiamentos, a Santa Monica confirmou que o jogo chegará ao PS4 e PS5 em 8 de novembro de 2022.

Qual será o preço de God of War Ragnarök?

Por enquanto, a Sony não divulgou o preço do jogo. A pré-venda estará disponível a partir de 15 de julho, às 10h (horário de Brasília). Levando em conta os preços de exclusivos mais recentes, como Horizon Forbidden West, podemos estimar que a edição padrão de God of War Ragnarök chegará por R$ 299,90 no PS4 e por R$ 349,90 no PS5.

Outro detalhe é que o game não contará com upgrade gratuito entre gerações e será cobrada uma taxa de R$ 50 para jogadores que tiverem a versão de PS4 e desejarem acessar a edição de PS5. De forma geral, podemos esperar que as diferenças entre as versões seja apenas visual e técnica. O console de nova geração oferece taxas maiores de resolução e quadros por segundo, além de carregamentos mais rápidos através do SSD e os recursos do controle DualSense.

(Imagem: Divulgação/Santa Monica Studio)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.