Final Fantasy 14 quebra recorde de jogadores ativos

Final Fantasy 14 quebra recorde de jogadores ativos

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 06 de Dezembro de 2021 às 18h45
Imagem: Reprodução/Square-Enix

Final Fantasy 14 bateu um novo recorde de jogadores simultâneos com o lançamento do acesso antecipado da nova expansão Endwalker. A prévia do conteúdo inédito fez o MMORPG da Square Enix atingir o pico de 95 mil pessoas ao mesmo tempo na aventura na última sexta-feira (3), de acordo com o SteamDB.

O recorde anterior era de 67 mil, registrado em julho, após um influxo de jogadores decepcionados com o lançamento da expansão Shadowlands de World of Warcraft. Os novos números mostram a força crescente de Final Fantasy 14, que efetivamente dobrou a base de jogadores nos últimos seis meses.

Frente aos 40 mil jogadores de média que a aventura marcava em junho de 2020, o novo recorde registrado é ainda mais impressionante, considerando que Endwalker não foi totalmente lançado e está disponível por meio de acesso antecipado. A nova expansão, a primeira desde 2019, ficará disponível para todos os jogadores nesta terça-feira (7), levantando a possibilidade de novos recordes.

Servidores lotados em Final Fantasy 14

Com a alta de jogadores, o fim de semana de Final Fantasy XIV foi de muitas filas e perda de conexão para os jogadores que esperam entrar no mundo de Eorzea. Os servidores do jogo ficaram congestionados, obrigando a conta do jogo no Twitter a oferecer atualizações frequentes sobre o estado da aventura.

Produtor e diretor de Final Fantasy 14, Naoki Yoshida se desculpou pela interrupção e ofereceu sete dias grátis de tempo de jogo para compensar os problemas.

"Considerando que estamos pedindo aos jogadores que esperem em filas por períodos de tempo extremamente longos, decidimos que durante o lançamento oficial do Endwalker, concederemos 7 dias de graça para todos que possuem a versão completa do jogo e têm uma assinatura ativa ", declarou Yoshida.

O diretor de Final Fantasy XIV Online, Naoki Yoshida, prometeu 7 dias gratuitos do jogo para quem esperou em filas para entrar no jogo (Foto: Divulgação/PlayStation Blog)

Os jogadores foram avisados ​​sobre um possível congestionamento antes do lançamento da expansão. O game luta para expandir seus servidores, mas enfrenta problemas em colocar o plano em prática devido à escassez global de semicondutores.

Assim como World of Warcraft e outros MMORPGs que recebem conteúdo adicional ao passar dos anos, Final Fantasy 14 cobra uma mensalidade para os jogadores continuarem ativos nos servidores. No Steam, a taxa cobrada mensalmente é de R$ 41,99.

Final Fantasy 14 está disponível para PS4, Windows e macOS e conta com suporte multiplataforma, para que amigos de PC e consoles consigam sempre jogarem juntos nos servidores.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.