Final Fantasy 14 “esgota” e é removido de lojas digitais

Final Fantasy 14 “esgota” e é removido de lojas digitais

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 16 de Dezembro de 2021 às 17h03
Divulgação/Square Enix

O sucesso de Final Fantasy 14 não para de surpreender. A Square Enix precisou limitar novamente a venda da edição digital do jogo das lojas, após a alta procura pelo título lotar os servidores.

No início de dezembro, Final Fantasy 14 bateu um novo recorde de jogadores simultâneos com o acesso antecipado da nova expansão Endwalker. A prévia do conteúdo inédito fez o MMORPG da Square Enix atingir o pico de 95 mil pessoas ao mesmo tempo na aventura. O recorde anterior era de 67 mil, registrado em julho de 2021, após um influxo de jogadores decepcionados com o lançamento da expansão Shadowlands de World of Warcraft.

Os novos números mostram a força crescente de Final Fantasy 14, que efetivamente dobrou a base de jogadores nos últimos seis meses. O crescimento do jogo, lançado como fracasso absoluto em 2010, foi reconhecido pelo The Game Awards deste ano, que premiou o MMORPG nas categorias de Melhor Jogo Contínuo e Melhor Suporte à comunidade.

Estão com vendas limitadas pela Square Enix a versão de iniciante de Final Fantasy 14 e a versão completa, com todas as DLCs. O game luta para expandir seus servidores e lidar com a nova demanda de jogadores, mas enfrenta problemas em colocar o plano em prática devido à escassez global de semicondutores.

Média de jogadores ativos ao mesmo tempo em Final Fantasy 14 pulou de 40 mil para 90 mil jogadores em pouco mais de 1 ano (Imagem: Divulgação/Square Enix)

Final Fantasy 14 está disponível para PS4, Windows e macOS e conta com suporte multiplataforma, para que amigos de PC e consoles consigam sempre jogarem juntos nos servidores. Assim como World of Warcraft e outros MMORPGs que recebem conteúdo adicional ao passar dos anos, Final Fantasy 14 cobra uma mensalidade para os jogadores continuarem ativos nos servidores.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.