Como foi o show do Emicida no Fortnite

Como foi o show do Emicida no Fortnite

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 02 de Maio de 2022 às 15h50
Divulgação/Epic Games

Emicida tornou-se o primeiro artista brasileiro a se apresentar em Fortnite. O show exibido dentro do jogo por 72 horas, entre 29 de abril e 2 de maio de 2022, mostrou o rapper em quatro palcos, tocando grandes sucessos que ajudaram a contar a trajetória do artista.

A apresentação fez parte da Série Onda Sonora, evento global que trouxe diferentes artistas de todo o mundo para o battle royale. A Epic Games permitiu que os jogadores compartilhassem o show em plataformas como o YouTube. Confira um registro abaixo:

Durante 20 minutos, o show Emicida em Fortnite passeou por sucessos antigos do rapper, como "Gueto", a hits mais recentes, a exemplo de "AmarElo", com participações de Pabllo Vittar, Majur, Thiago Jamelão e vocais de Belchior.

Setlist do show de Emicida em Fortnite:

1. Gueto (feat. Mc Guimê)
2. Triunfo
3. A Chapa é Quente (feat. Rael)
4. Eminência Parda (feat. Dona Onete, Jé Santiago & Papillon)
5. Levanta e Anda (feat. Rael)
6. AmarElo (Sample: Sujeito de Sorte - Belchior)(feat. Pabllo Vittar, Majur & Thiago Jamelão)

O artista paulistano aproveitou a oportunidade e lançou as versões das faixas apresentadas em Fortnite em um CD exclusivo. O álbum “Emicida” foi disponibilizado nas plataformas de streaming com as gravações extraídas do jogo. Entre as novidades nas canções, a faixa “AmarElo” faz referências a ilha em que se passa Fortnite e “Eminência Parda” ganhou novos arranjos.

Segredos do show do Emicida

O projeto foi desenvolvido durante oito meses e contou com a participação criativa da equipe da produtora Laboratório Fantasma, empresa chefiada por Emicida e o irmão Evandro Fióti. Utilizando ferramentas do Modo Criativo de Fortnite, o número musical apresentou 4 palcos, todos inspirados em diferentes facetas do artista brasileiro.

O primeiro palco, chamado Quebrada, fez referência ao início da carreira de Emicida, mostrando como vivia o rapper em São Paulo quando lançou a primeira mixtape, “Pra quem já Mordeu um Cachorro por Comida”, em 2009.

Palco Gueto foi o primeiro da apresentação (Imagem: Captura de Tela/Lucas Arraz/Epic Games)

Ringue, o segundo palco, mostra prédios e um tablado de lutas, relembrando o começo da carreira de Leandro Roque de Oliveira, antes de ser conhecido como Emicida, em batalhas de rap em São Paulo.

Palco Ringue mostra cidade de São Paulo (Imagem: Captura de Tela/Lucas Arraz/Epic Games)

Jardim Zen, o terceiro palco do show, reúne uma das paixões de Emicida: a franquia Karatê Kid, com a filosofia do rapper. O artista acredita que com paz, autoconhecimento e espiritualidade, todos ficam mais fortes. Por isso, além do cenário oriental e dos dojos, a etapa do show conta com um minigame colaborativo em que os jogadores são convidados a destruir cubos com espadas.

Jardim Zen reúne filosofia e amor de Emicida por Karatê Kid em atividade colaborativa (Imagem: Captura de Tela/Lucas Arraz/Epic Games)

O show termina no quarto palco, Teatro. O local foi inspirado no Teatro Municipal de São Paulo, local onde Emicida gravou o registro ao vivo mais recente da carreira, da turnê AmarElo.

Emicida fez show histórico no Teatro Municipal de São Paulo, inspiração para último palco do show em Fortnite (Imagem: Captura de Tela/Lucas Arraz/Epic Games)

Além do show, a Lab Fantasma anunciou uma colaboração com Fortnite para o lançamento de um conjunto de roupas. As peças, que incluem camisas e moletons, são vendidas a partir de R$ 89,90 e mostram Emicida em sua versão como personagem do jogo mostrado na apresentação musical.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.