Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Apple Vision Pro ganha comercial aos moldes da estreia do iPhone

Por| Editado por Wallace Moté | 09 de Janeiro de 2024 às 13h53

Link copiado!

(Imagem: Divulgação/Apple)
(Imagem: Divulgação/Apple)

Faltando menos de um mês para a chegada do Vision Pro às lojas dos EUA, a Apple liberou um novo comercial do seu primeiro "computador espacial" associando o dispositivo aos visores e óculos futuristas de diversos filmes de Hollywood. Além de criar animação em torno da estreia do acessório, a produção também acaba fazendo referência à época de lançamento do primeiro iPhone, que ganhou um vídeo com proposta similar antes de ser anunciado.

Intitulado "Get Ready" (ou Prepare-se, em tradução livre), o vídeo curto mostra cenas de filmes renomados como Star Wars, De Volta para o Futuro e Homem de Ferro, trazendo especificamente trechos que envolvam o uso de óculos ou visores — o material acaba sendo uma viagem pela noção que a ficção científica teve e tem desse tipo de acessório, e relaciona o Vision Pro ao futuro. A interface da novidade também volta a ser mostrada, trazendo ícones que lembram apps de iPhone sobrepostos sobre o mundo real.

Continua após a publicidade

Mais do que apenas gerar empolgação no público, o comercial indica que a Apple está bastante confiante em seus óculos de Realidade Mista (MR), por fazer uma referência singela ao lançamento da primeira geração do iPhone. No início de 2007, poucos meses antes do anúncio do celular, um vídeo parecido foi divulgado, com o título "Hello" (Olá, em inglês).

Assim como a propaganda destinada ao Vision Pro, o curta mostrava uma sequência de cenas de grandes filmes em que os personagens usavam telefones fixos para atender a chamadas. O vídeo pretendia passar a ideia de como o iPhone causaria uma revolução no mundo da telefonia — algo que de fato aconteceu.

Ao divulgar um comercial de estrutura similar para os óculos de MR, a gigante de Cupertino sugere acreditar que o dispositivo oferecerá uma nova revolução no mundo da tecnologia, desta vez no segmento de Realidade Virtual. Se este será mesmo o caso, vai ser preciso aguardar para ver, mas o crescente número de óculos VR/MR que chegam ao mercado sinalizam que esse tipo de aparelho deve mesmo ganhar um novo status nos próximos anos.

Continua após a publicidade

O fato é que a Apple terá de enfrentar alguns desafios se quiser ter com o Vision Pro as mesmas influência e força que possui entre os smartphones. Esperado para chegar às lojas dos EUA em 2 de fevereiro, o acessório custará exorbitantes US$ 3.499 (~R$ 17 mil), valor cinco vezes mais alto que o visto em soluções similares como o Meta Quest 3, vendido por US$ 649 (~R$ 3.200) em sua variante mais completa.

Não se pode desconsiderar que o dispositivo da Apple é mais potente e aparenta ser mais versátil, mas a ideia de torná-lo tão popular quanto o iPhone vai exigir uma barreira menor de preço, além de disponibilidade em um número maior de regiões.

Mesmo assim, as expectativas de analistas respeitados, incluindo Ming-Chi Kuo, são positivas: espera-se que o estoque seja esgotado de forma rápida, graças ao fator "novidade" e à maior potência frente aos concorrentes. Seja como for, teremos de esperar pela estreia para sabermos qual será o papel da Maçã no futuro da Realidade Virtual.

Continua após a publicidade

Fonte: via iMore