SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Apple planeja renovar sua linha de AirPods até 2025

Por| Editado por Wallace Moté | 27 de Outubro de 2023 às 07h24

Link copiado!

Apple
Apple
Tudo sobre Apple

A Apple renovou recentemente o AirPods Pro de segunda geração, agora vendido com uma case com conexão USB-C, decepcionando quem esperava por mais novidades. No entanto, ao que parece, a marca ainda deve lançar novas gerações de fones de ouvido nos próximos meses.

Informações vindas do jornalista Mark Gurman, do site Bloomberg, explicam que a empresa deve redesenhar sua linha de fones de ouvido. Atualmente, a gigante oferece o AirPods de segunda geração como modelo de entrada, o AirPods de terceira geração como opção intermediária e o AirPods Pro como produto premium, além do AirPods Max, headphone premium com preço salgado.

Gurman indica que a empresa deve tirar de linha os AirPods 2 e AirPods 3, visto que a Apple não estaria contente com as vendas da geração mais recente. Assim, substituiria ambos por dois novos modelos que representariam a quarta geração, posicionados de forma similar a esses fones que sairão do portfólio.

Continua após a publicidade

Eles devem contar com um novo design, que mesclaria ainda mais o visual do AirPods de terceira geração com o que já conhecemos do AirPods Pro, chegando em algum momento em 2024.

Esses dois modelos de AirPods 4 se diferenciariam pelo suporte a cancelamento ativo de ruído (ANC) na variante mais cara. Ambos devem ganhar uma nova case de carregamento, contando com alto-falantes para facilitar a busca através da rede Buscar, assim como conector USB-C por padrão.

Uma atualização para o AirPods Max também está nos planos, que também deve ganhar o conector USB-C, além de novas opções de cor. Por fim, uma terceira geração do AirPods Pro deve chegar com novo design e melhorias internas em algum momento de 2025. Vale ressaltar que o AirPods é uma das maiores fontes de receita da Apple, então não é de se espantar que ela faça melhorias em toda a linha nos próximos meses.

Continua após a publicidade

Fonte: Bloomberg