Sonda chinesa fotografa os rovers Zhurong e Perseverance na superfície de Marte

Sonda chinesa fotografa os rovers Zhurong e Perseverance na superfície de Marte

Por Wyllian Torres | Editado por Patrícia Gnipper | 25 de Março de 2022 às 22h00
Reprodução/CASC

A sonda chinesa Tianwen-1, que orbita Marte, fotografou dois dos rovers que hoje exploram a superfície do planeta. Primeiro, o seu companheiro de missão — o rover Zhurong — e, depois, o rover Perseverance, da NASA. As imagens, divulgadas pela Administração Espacial Nacional da China (CNSA, na sigla em inglês), também oferecem uma visão do quanto esses robôs já percorreram na superfície marciana.

Em 7 de março deste ano, o orbitador Tianwen-1 fotografou o rover Perseverance quando ele estava a cerca de 200 metros a sudeste de seu local de pouso Otavia E. Butler Landing, na cratera Jezero. Na imagem, as setas destacam onde o rover pousou e outra, onde ele se encontra atualmente.

A seta mais acima indica o local de pouso do Perseverance, enquanto a outra, à esquerda, a atual posição do rover (Imagem: Reprodução/CNSA)

Em outro registro, cuja data não foi informada pela CNSA, o rover Zhurong é destacado, além de seu trajeto percorrido desde chegou ao planeta e seus ferramentas que garantiram um pouso em segurança: o paraquedas e a plataforma de pouso.

A dupla Zhurong e Tianwen-1, foram lançados em julho de 2020 como a missão chinesa Tianwen-1 e chegaram ao Planeta Vermelho em fevereiro do ano passado. Até maio de 2021, eles se mantiveram juntos na órbita, até que o rover se separou do orbitador e realizou o primeiro pouso da China em Marte.

De cima para baixo estão: o módulo de pouso, o paraquedas usado durante a descida e, finalmente, a atual posição do rover Zhurong (Imagem: Reprodução/CNSA)

Até agora, o Zhurong já percorreu pelo menos 1,78 km pela superfície marciana e, assim como seu parceiro de missão, segue em boa saúde e coletando dados importantes sobre o planeta.

Já o Perseverance, que pousou por lá em fevereiro do ano passado, andou 6,34 km pela cratera Jezero. Enquanto o rover Perseverance se desloca para o seu principal local de estudo, um antigo delta na cratera Jezero, ele tem coletado amostras do solo marciana que serão enviadas para a Terra. Ele também conta com o auxílio do helicóptero Ingenuity para definir os melhor caminho em sua jornada.

Fonte: Via Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.