Ingenuity e Perseverance voltam a "conversar" em Marte

Ingenuity e Perseverance voltam a "conversar" em Marte

Por Danielle Cassita | Editado por Rafael Rigues | 10 de Maio de 2022 às 11h10
NASA

Segundo a Nasa, o helicóptero Ingenuity já restabeleceu o contato e voltou a "conversar" com o rover Perseverance. A confirmação da retomada das comunicações entre os dois robôs veio na última quinta-feira (5), após uma falha da aeronave durante uma sessão de comunicação com o veículo. Mais dados e análises são necessários, mas as equipes de ambos acreditam que já determinaram o que causou a anomalia e como evitar que aconteça novamente.

A interrupção da comunicação aconteceu no dia 3 de maio, quando o Ingenuity entrou no modo de baixa energia provavelmente devido ao acúmulo de poeira e menores temperaturas, com a chegada do inverno. Com a poeira na atmosfera, a quantidade de luz incidindo sobre os painéis solares do Ingenuity diminui, reduzindo a capacidade do helicóptero de carregar suas baterias. A baixa temperatura também exige mais energia para aquecer os componentes do rover e mantê-los em sua temperatura operacional.

O rover Perseverance serve como uma espécie de estação de comunicação, que permite que o helicóptero envie dados e receba comandos da Terra (Imagem: Reprodução/NASA)

Por isso, quando a energia da bateria ficou abaixo de determinado limite, um sistema de controle desligou e alternou o funcionamento de outros elementos devido à necessidade de conservar energia. Então, quando o sistema ficou sem eletricidade durante a noite em Marte, o relógio de bordo do Ingenuity (que determina o horário para as comunicações com o Perseverance) foi resetado.

Como resultado, os aquecedores da aeronave foram desativados. Quando o Sol nasceu na manhã seguinte, os painéis solares começaram a carregar as baterias, mas o relógio do helicóptero não estava mais sincronizado com o do rover; portanto, quando o Ingenuity “pensava” que era hora de contactar o Perseverance, o rover não estava “ouvindo”.

Para garantir que o contato seria retomado, os controladores da missão do Perseverance enviaram comandos para passar quase um dia inteiro à escuta de sinais do helicóptero. O sinal do Ingenuity chegou — mas com limitações para preservar a carga das baterias.

Felizmente, a saúde do helicóptero e os dados de segurança estavam nominais, e a ligação entre os dois robôs estava estável. Agora, a equipe quer ajudar a garantir que a bateria do helicóptero acumule energia o suficiente ao longo dos próximos sóis (o nome dado aos dias em Marte), para garantir que conseguirá sustentar todos os sistemas críticos do Ingenuity durante as noites marcianas.

Ingenuity fotografado pelo instrumento Mastcam-Z, do rover Perseverance (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/ASU/MSSS)

Teddy Tzanetos, líder da equipe do Ingenuity, afirmou que eles já estavam cientes que o inverno e a temporada de tempestades de poeira por lá iriam representar desafios para o helicóptero. “Nossa maior prioridade é manter a comunicação com o Ingenuity ao longo dos próximos sóis, mas mesmo antes, sabíamos que haveriam desafios significativos à frente”, observou. "Esperamos conseguir acumular cargas suficientes da bateria para retomar as operações nominais e seguir com a nossa missão nas próximas semanas".

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.