Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Foguete Ariane 5 leva satélites ao espaço em seu último voo

Por| Editado por Patricia Gnipper | 06 de Julho de 2023 às 10h33

Link copiado!

ESA-CNES-Arianespace/CSG/P. Piron
ESA-CNES-Arianespace/CSG/P. Piron

O foguete Ariane 5 foi lançado em sua última missão nesta quarta (5). O veículo completou seu voo final com grande sucesso, posicionando dois satélites em suas órbitas de transferência geoestacionária. Agora, o Ariane 5 chegou ao fim de suas atividades com um histórico de 117 voos orbitais.

A missão foi lançada em Kourou, na Guiana Francesa, às 19h no horário de Brasília. Cerca de 30 minutos depois de deixar a plataforma, o satélite Heinrich-Hertz foi liberado em sua órbita de transferêncio geoestacionária. Três minutos depois, foi a vez do satélite Syracuse 4B.

Continua após a publicidade

O primeiro é um satélite experimental de comunicação desenvolvido pela agência espacial da Alemanha. Durante suas operações, ele vai testar um novo hardware, servindo também como uma plataforma de testes para experimentos científicos e técnicos.

Já o satélite Syracuse 4B vai se juntar ao Syracuse 4A, seu antecessor lançado em 2021. A dupla foi construída pela Airbus Defence and Space com o objetivo de substituir os satélites Syracuse 3A e 3B, voltados para a retransmissão de comunicação militar.

Este voo marca o fim de quase três décadas de operação do Ariane 5, que foi lançado pela primeira vez em 1996. Ao longo de suas operações, ele levou ao espaço uma série de missões espaciais, como a Rosetta, o telescópio James Webb e a missão JUICE, que está viajando rumo a Júpiter e suas luas.

Com o fim de suas atividades, o Ariane 5 vai ser substituído pelo Ariane 6, foguete que está em desenvolvimento há quase uma década. A ESA inaugurou o complexo de lançamentos para o novo veículo em 2021, e o primeiro voo dele pode acontecer até o fim de 2023.

Fonte: ESA