Empresa isralaense vai tentar voltar à Lua em 2024 — desta vez, com três naves

Empresa isralaense vai tentar voltar à Lua em 2024 — desta vez, com três naves

Por Danielle Cassita | 09 de Dezembro de 2020 às 17h45
SpaceIL

A empresa israelense SpaceIL tem novos planos para chegar à Lua: após tentar pousar, sem sucesso, uma nave em nosso satélite natural no ano passado, a empresa anunciou nesta quarta-feira (9) o desenvolvimento da missão Beresheet 2, que será feita junto de outros parceiros do governo e deverá ocorrer em 2024. Desta vez, a empreitada vai contar com três naves: uma sonda orbital e dois módulos de pouso com experimentos científicos.

Este não é exatamente um projeto novo: a Beresheet 2 foi apresentada inicialmente como a missão que realizaria o sonho do pouso lunar para os israelenses, após o fracasso da Beresheet anterior, mas pouco depois a empresa divulgou que, na verdade, a missão teria destino a outros objetos do Sistema Solar. Em seguida, foi retomada a ideia do lançamento para a Lua. Agora, os planos foram apresentados pelo presidente Reuven Rivlin, que realizou a cerimônia de lançamento e comentou que o país estava “cheio de orgulho” durante a tentativa de pouso feita em 2019, aquela sem sucesso: “ficamos desapontados, e percebemos que tínhamos que começar do zero”, disse. “Hoje, começamos um novo caminho que nos é familiar, mas diferente, e esperamos que o fim dele seja com o pouso de três naves na Lua em segurança”. 

A SpaceIL estará acompanhada pela Israel Aerospace Industries, o Ministério da Ciência do país e a agência espacial nacional de Israel. Segundo o ministro da ciência Yizhar Shai, há sete países interessados em dar apoio à nova empreitada — entre eles, os Emirados Árabes Unidos, que querem enviar sua própria nave para a Lua também em 2024. Shimon Sarid, diretor executivo da empresa, comentou que o projeto espera inspirar uma nova geração de cientistas e pesquisadores em um país conhecido por sua cena tecnológica: “vamos fazer isso aumentando a curiosidade a esperança e a habilidade de sonhar, através da força da educação tecnológica, pesquisa e ciência para alunos israelenses”, diz.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O nome Beresheet significa “Gênesis” em hebraico. Na missão anterior, de 2019, a nave levou consigo instrumentos de medidas do campo magnético da Lua, um refletor a laser da NASA, um disco com gravações do conhecimento humano e uma cápsula com artefatos culturais e históricos de Israel. O lançamento foi feito com sucesso, mas quando a nave estava a apenas 14 km da superfície lunar, seu motor falhou e a nave se chocou contra a superfície lunar, sendo destruída.

Fonte: Phys.org

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.