Destaques da NASA: fotos astronômicas da semana (18/07 a 24/07/2020)

Por Patrícia Gnipper | 25 de Julho de 2020 às 11h00
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Todos os dias e desde 1995, a NASA publica no site “Astronomy Picture of the Day” uma imagem astronômica em destaque, seja ela uma fotografia, uma imagem processada, uma arte digital, um vídeo, um infográfico, etc, desde que o registro faça sentido com o tema. As imagens são selecionadas do próprio acervo da NASA ou de astrofotógrafos ao redor do mundo e, nesta semana, o grande destaque naturalmente é o cometa C/2020 F3 NEOWISE, que está passando próximo à Terra — e rendendo registros incríveis. Mas também rolou um espacinho para a nossa Lua e para uma belíssima nebulosa.

Sábado (18/07) - Cometa que passa por aqui só a cada 6.765 anos

(Foto: Tom Masterson)

O destaque do último sábado foi o cometa C/2020 F3 NEOWISE aparecendo logo abaixo da constelação da Ursa Maior no hemisfério norte. Esta foto foi tirada na noite de 16 de julho na Floresta Nacional Los Padres, que fica na Califórnia (Estados Unidos), e nela podemos ver as duas caudas de poeira do cometa — uma mais larga e intensa, e outra mais fraca e azulada, que é cauda de íons se estendendo "para além do que os olhos podem seguir", conforme a NASA descreve no site APOD.

Domingo (19/07) - A rotação da Lua

Já no domingo, a NASA quis destacar um vídeo onde vemos a rotação completa da Lua. Não vemos a Lua girar assim porque nosso satélite natural mostra sempre o mesmo lado para o nosso planeta, por conta do chamado "travamento por maré". Mas graças à sonda Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO), que está na órbita lunar, temos imagens suficientes de toda a extensão da Lua para que esse filme da rotação lunar completa pudesse ser criado em time-lapse.

Segunda-feira (20/07) - Mais cometa NEOWISE

(Foto: Jarek Oszywa)

Para a foto que foi o destaque de segunda, o astrofotógrafo que fez o registro se arriscou bastante. Ele enfrentou animais selvagens em uma área aberta na Polônia, onde existe uma estrada que, na foto, está iluminada pela Lua, enquanto montanhas são visíveis no horizonte. Já no céu, vemos milhares de estrelas, a Nebulosa Califórnia na extrema direita e, acima dela, a Nebulosa do Coração e a Nebulosa da Alma. E, claro, o cometa C/2020 F3 NEOWISE logo acima da linha do horizonte, levemente à esquerda.

Terça-feira (21/07) - Nebulosa da Borboleta

(Imagem: NASA, ESA, Hubble, Judy Schmidt)

Na terça, a NASA quis dar um tempo do cometa C/2020 F3 NEOWISE e resolveu destacar uma bela imagem da Nebulosa da Borboleta, com mais de 3 anos-luz de envergadura e temperatura superficial aproximada em mais de 200.000 °C. Sua estrela central é a NGC 6302, e esta imagem foi registrada pelo telescópio espacial Hubble, sendo reprocessada para mostrar ainda mais detalhes desta complexa e deslumbrante nebulosa planetária localizada a 4.000 anos-luz de distância.

Quarta-feira (22/07) - Dupla cauda do cometa NEOWISE

(Foto: Zixuan Lin/Beijing Normal U.)

A foto de quarta-feira traz mais uma vez o cometa C/2020 F3 NEOWISE e suas duas belas caudas. A cauda de íon azul, à esquerda, aponta para longe do Sol e é "empurrada" pelo vento solar, enquanto a outra é uma cauda de poeira que se intensifica graças ao calor solar, sendo liberada em formato arredondado. Essa cauda de poeira é "empurrada" pela luz solar, mas partículas de poeira mais pesadas conseguem resistir ao "baque" e continuam presentes enquanto o cometa ainda está relativamente próximo do Sol. A imagem foi registrada no deserto de Gobi, na Mongólia Interior.

Quinta-feira (23/07) - NEOWISE, meteoro Perseida e castelo "da Disney"

(Foto: Stephane Guisard/Los Cielos de America, TWAN)

Essa foto espetacular foi o destaque do APOD na quinta, mostrando o cometa C/2020 F3 NEOWISE no mesmo quadro de um meteoro Perseida, que aparece bem acima de um castelo digno de contos de fadas. O castelo Neuschwanstein fica nos Alpes Bávaros e justamente serviu de inspiração para o castelo da Bela Adormecida, da Disney.

Sexta-feira (24/07) - NEOWISE acima de observatório espacial

(Foto: Urs Leutenegger)

E na foto destacada no APOD na sexta, vemos o C/2020 F3 NEOWISE ao fundo dos telescópios MAGIC (Major Atmospheric Gamma Imaging Cherenkov), que fazem parte do European Northern Observatory na Ilha La Palma (que faz parte das Ilhas Canárias). Os espelhos dos telescópios de 17 metros de diâmetro refletem o céu noturno para lá de estrelado e, no instante em que a imagem foi registrada, estavam procurando raios gama no centro da Via Láctea.

Fonte: APOD

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.