Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Destaque da NASA: rastros de aviões em X são foto astronômica do dia

Por| Editado por Luciana Zaramela | 23 de Abril de 2024 às 13h14

Link copiado!

Fatih Ekmen
Fatih Ekmen

Rastros deaviões foram registrados por Fatih Ekmen em Istabul, na Turquia. A foto é o destaque da NASA nesta terça-feira (23), e o que deixa o clique ainda mais incrível é que os rastros se cruzam no céu, criando o formato da letra X. 

Estes rastros são chamados de “contrail” em inglês, termo que vem de condensation trails (trilhas de condensação). Eles são simplesmente nuvens de origem humana, criadas quando aviões voam.  

Quando as aeronaves estão no ar, a pluma de exaustão dos seus motores tem umidade. A água ali pode formar gotas no alto da atmosfera, e caso elas congelem, criam grandes rastros de água e gelo. 

Continua após a publicidade

Os rastros ocorrem em todo o planeta e podem causar algum efeito de aquecimento, porque retêm a luz infravermelha. Enquanto isso, eles também causam resfriamento, pois são bastante eficientes para refletir a luz solar

Uma característica interessante é que estes rastros são persistentes e ficam ainda mais incríveis dependendo da forma como são iluminados pelo Sol. Por exemplo, quando nosso astro está perto do horizonte, os rastros são iluminados de baixo para cima. 

No momento em que isso acontece, eles projetam sombras alongadas que só podem ser vistas se houver nuvens por perto. Foi o que aconteceu no clique de Fatih Ekmen. Que sorte!

Rastros de aviões 

As trilhas de condensação são comuns, e costumam aparecer quando os aviões estão na altitude de cruzeiro, de 10 km a 13 km acima do solo. A esta altitude, a troposfera superior tem temperatura e umidade adequadas para a formação dos rastros. Como a atmosfera muda constantemente, nem todos os aviões deixam rastros durante voos. 

Alguns estudos indicam que as trilhas contribuem para o aquecimento e esfriamento da atmosfera, e este efeito parece variar de acordo com o momento do dia. Os rastros formados à noite, por exemplo, têm efeito maior no aquecimento da atmosfera. 

Isso acontece porque a Terra esfria durante a noite, que é quando o calor é liberado da superfície para o espaço. Só que se as nuvens dos rastros de condensação estiverem na atmosfera, elas podem reter o calor. 

Continua após a publicidade

A maior preocupação não é com as trilhas de duração curta, mas sim com aquelas que permanecem na atmosfera por mais tempo e se estendem por grandes áreas. Por isso, diferentes instituições estão investigando formas de diminuir os efeitos dos rastros no clima da Terra.

Fonte: APOD