Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Destaque da NASA: galáxia Andrômeda e alpes suíços na foto astronômica do dia

Por| Editado por Patricia Gnipper | 13 de Novembro de 2023 às 16h53

Link copiado!

Dzmitry Kananovich
Dzmitry Kananovich

A foto astronômica destacada pela NASA nesta segunda-feira (13) mostra a beleza da galáxia Andrômeda, fotografada sobre os alpes suíços. Ela fica a 2,5 milhões de anos-luz de nós, ou seja, sua luz demora mais de dois milhões de anos para nos alcançar.

A imagem foi capturada no início de 2022, quando faltava pouco para a galáxia desaparecer por trás das montanhas suíças. Através de várias exposições, o fotógrafo chegou ao resultado abaixo:

Continua após a publicidade

Andrômeda é a única outra galáxia espiral além da Via Láctea que pode ser vista a olho nu — contanto que o observador esteja em um local escuro e distante da poluição luminosa, é claro.

No hemisfério sul, é possível observar a Grande e a Pequena Nuvem de Magalhães. Elas são galáxias do tipo irregular, e aparecem para nós como formas difusas no céu.

Galáxia Andrômeda

Foi em 964 a.C. que a galáxia Andrômeda foi mencionada pela primeira vez pelo astrônomo persa Abd al-Rahman, que a descreveu como uma “pequena nuvem” em seu Livro das Estrelas Fixas. Já o francês Charles Messier a registrou como o objeto de número 31 em seu catálogo — por isso, a galáxia também é conhecida como M31.

Considerada o maior membro do Grupo Local de galáxias, Andrômeda tem um milhão de estrelas dispersas por seu disco com mais de 220 mil anos-luz de extensão. Ela é a galáxia espiral mais próxima da nossa, e é uma das mais estudadas até hoje.

Andrômeda está se aproximando da Via Láctea a 400 mil km/h e, em cerca de três bilhões de anos, as duas vão colidir. Modelos mais recentes indicam que o encontro entre as duas deve formar uma nova galáxia de formato espiral.

Fonte: APOD